James Stirling (1692 - 1770)

James Stirling nasceu em maio de 1692 em Garden, na Escócia. Como não se sabe praticamente nada sobre sua infância, os dados sobre sua formação acadêmica também são muito poucos. Sabe-se que no outono de 1710 ele viajou para Oxford e se matriculou no Balliol College Oxford, em 18 de Janeiro de 1711.

Em 1717, publicou seu primeiro trabalho Lineae Tertii Ordinis Neutonianae , em Oxford, onde estendeu a teoria de Newton para curvas planas de grau 3, adicionando 4 tipos de curvas às 72 estudadas por Newton. Entre os resultados obtidos por Stirling e publicados nesse livro, encontra-se o problema da trajetória ortogonal. Esse problema fora levantado por Leibniz sendo que muitos outros matemáticos haviam trabalhado nele, como, por exemplo, Johann Bernoulli e Euler. Foi Stirling, no entanto, que o resolveu no início de 1716.

Linhas Newtonianas de terceira ordem

No período em que Sterling viveu na Itália, passou algum tempo em Veneza e depois em Pádua. Em Veneza, Stirling aprendeu várias técnicas secretas da indústria de vidro italiana e acabou por ser ameaçado de morte por um grupo de artesãos por temerem que ele levasse tal conhecimento para o exterior.

Em 1724, Stirling viajou para Londres, onde permaneceu por dez anos, período em que foi muito ativo matematicamente, correspondendo-se com vários matemáticos e desfrutando da amizade com Newton. Foi Newton quem o indicou para a Royal Society de Londres, sendo aceito no dia 3 de Novembro de 1726. Ainda em Londres, deu aula em uma das escolas mais conceituadas, a William Watt's Academy, onde ministrou cursos de mecânica e filosofia experimental, disciplinas essas que incluíam tópicos de mecânica, óptica, hidrostática e astronomia.

Ainda em Londres, publicou seu mais importante trabalho, em 1730: Methodus Differentialis . Esse livro é um tratado sobre séries infinitas, somatórias, interpolações e quadratura. A sua famosa fórmula assintótica para o fatorial de n aparece nesse trabalho.

Método para Diferenciar

Stirling morreu no dia 05 de dezembro de 1770, em Edimburgo, na Escócia.

Comentários