Edmond Halley, (1656-1742)

Astrônomo e matemático inglês, nascido em Haggerston, Shoreditch - perto de Londres - em novembro de 1656 e falecido em Greenwich, em janeiro de 1742. Foi o primeiro a determinar a órbita de um cometa, que posteriormente levou o seu nome.

Halley dedicou boa parte de sua vida à realização de observações astronômicas. Em uma viagem à ilha de Santa Helena, Halley mapeou o hemisfério sul celeste com 341 estrelas e descobriu um aglomerado de estrelas - Cluster - na constelação de Centaurus. Colocou em prática as leis de Kepler, utilizando seus dados que eram bastante precisos para a época. Demonstrou que a terceira lei de Kepler implicava na lei do inverso do quadrado da distância para a atração dos planetas. Imaginou que essa última lei poderia implicar em órbitas elípticas para os planetas mas não conseguiu provar tal fato.

 

Sem desistir, Halley foi visitar Newton em Cambridge e descobriu que ele já havia provado tal fato há algum tempo e não tinha intenções de publicar. A partir daí, Halley tornou-se peça fundamental para a divulgação das descobertas de Newton que haveriam de mudar o panorama científico para sempre. Reconhecendo a genialidade de Newton e a importância de seus trabalhos, Halley não apenas o convenceu a publicar mas também financiou todos os custos e despesas para a impressão do Principia.

Princípios

Sociedade Real

Halley teve um papel diplomático importante como mediador de alguns acontecimentos científicos, dentre eles a disputa entre Newton e Leibniz sobre a criação do Cálculo. Trabalhou para a Royal Society como editor de Philosophical Transactions de 1685 a 1693. Publicou o primeiro mapa mundi meteorológico. Tornou-se Astronomer Royal em 1720. Desenvolveu também um método para determinar as longitudes a partir do mar através de observações lunares.

Transações filosóficas

Astrônomo Real

Astrônomo Real

Halley trabalhou também no campo da arqueologia, geofísica, história da astronomia e na solução de equações polinomiais. Foi agraciado com o título de Fellow of the Royal Society em 1678 - maior distinção científica na Inglaterra - e Savilian Professor of Geometry em 1704, em Oxford.

Comentários