Christian Huygens (1629 - 1695)

Astrônomo, matemático e físico, Huygens nasceu no dia 14 de abril , em Haia na Holanda. Seu pai era um estadista e diplomata holandês muito culto, o que fez com que Huygens crescesse em um ambiente favorável para seu desenvolvimento intelectual. Estudou em Leiden sob a orientação de Frans van Schooten, o filho.

Em 1654 ele e seu irmão descobriram uma maneira nova e superior de polir lentes. Essa descoberta proporcionou a Huygens condições de resolver muitas questões de Astronomia, como, por exemplo, a natureza dos anéis de Saturno. Posteriormente, em 1656 - 1657, inventou o relógio de pêndulo, como resposta à necessidade de obter um modo mais preciso de medir o tempo em observações astronômicas.

Ainda em 1657, publicou seu primeiro tratado sobre probabilidade, De rationits in ludo aleal , baseando-se na correspondência Pascal-Fermat. Nessa área, resolveu muitos problemas e introduziu o conceito de esperança matemática.

Racionando sobre jogos de dados

Huygens mudou-se para Paris em 1666, sendo um dos grandes responsáveis por muito do poder político e econômico da França. É desse período, em 1668, um artigo em que comunicava à Royal Society de Londres sua demonstração experimental de que o momento combinado de dois corpos numa certa direção é igual, antes e depois da colisão. Esta parece ser a primeira versão do princípio de conservação de energia. Junto com Leibniz, Huygens descobriu a energia cinética.

A maior de suas publicações Horologium oscillatorium , apareceu em Paris em 1673. Constituída de cinco partes, a primeira das quais diz respeito ao relógio de pêndulo que o autor inventara anteriormente; a segunda parte é dedicada à discussão de corpos em queda livre no vácuo; a terceira parte inclui um tratamento de evolutas e evolventes - como aplicação de sua teoria geral, Huygens encontrou a evoluta de uma parábola e de uma ciclóide. Na quarta parte encontra-se um tratamento do pêndulo composto com a demonstração de que o centro de oscilação e o ponto de suspensão são permutáveis. A quinta parte diz respeito à teoria dos relógios; ela se encerra com treze teoremas relacionados com a força centrípeta num movimento circular.

Relógio oscilante

Em 1675, sob a supervisão de Huygens, foi construído o primeiro relógio regulado por uma mola de compensação; Luís XIV recebeu-o de presente.

Huygens retornou à Holanda em 1681, construiu algumas lentes de comprimento focal muito grande e inventou a ocular acromática para telescópios. Em 1680 visitou a Inglaterra onde teve a oportunidade de conhecer Isaac Newton. Logo depois retornou a Holanda e, em 1690, publicou o Traité de la lumière , em que expunha a teoria ondulatória da luz. Com base nessa teoria foi capaz de deduzir geometricamente as leis da reflexão e da refração e explicar o fenômeno da refração dupla.

Tratado da luz

O último e mais popular trabalho de Huygens, publicado postumamente, foi o Cosmotheoros: nele ampliou o conhecimento da humanidade da época sobre o universo e especulou sobre a natureza de possíveis habitantes em outros planetas.

Como muitas demonstrações dadas por Newton, Huygens elaborava suas provas, quase que inteiramente, com grande rigor, pelo método geométrico dos gregos. Lendo seus trabalhos não se percebe que ele estava inteirado dos poderosos métodos da Geometria Analítica e do Cálculo. Huygens morreu em Haia, na Holanda, no dia 8 de julho.

Comentários