Bonaventura Cavalieri

Bonaventura Cavalieri

Bonaventura Francesco Cavalieri (1598 - 1647)

Bonaventura Francesco Cavalieri nasceu em Milão, na Itália no ano de 1598. Ainda menino tornou-se membro da ordem religiosa dos Jesuati, sendo, posteriormente, em 1616, transferido para o mosteiro da referida ordem. Lá aprendeu Matemática e conheceu os trabalhos de Euclides que estimularam seu interesse pela Matemática. Ainda no mosteiro, Cavalieri foi discípulo de Galileo.

Em 1619, candidatou-se para a cadeira de Matemática em Bolonha, no entanto, foi considerado muito jovem para a posição. Em 1621, ordenou-se diácono e assistente do cardeal Frederico Borromeo no mosteiro em Milão. Começou a ensinar Teologia e somente depois de oito anos foi apontado para a cadeira de Matemática em Bolonha, em 1629.

Cavalieri publicou, em 1632, o livro: Directorium Universale Uranometricum. O trabalho divulgou tabelas de senos, tangentes, secantes, cossenos e logaritmos. Esse trabalho foi um dos que viabilizou a introdução dos logaritmos como uma ferramenta computacional na Itália.

Diretório Universal de "Uranometria": o termo Unarometricum está relacionado com a medição de distâncias celestes, entretanto Cavalieri adotou esse nome provavelmente com o significado de medições apenas.

Nova Geometria dos Indivisíveis Contínuos.

Seis Exercitações Geométricas

Em 1635, publicou sua obra mais conhecida, Geometria indivisibilibus continuorum nova, em que desenvolveu a idéia de Kepler sobre quantidades infinitamente pequenas - uma região, por exemplo, pode ser pensada como sendo formada por segmentos ou "indivisíveis" e que um sólido pode ser considerado como composto de regiões que têm volumes indivisíveis. O raciocínio utilizado é o mesmo daquele de Arquimedes; entretanto, a diferença está na maneira como os dois demonstraram tal pensamento. A teoria de Cavalieri permitiu-lhe determinar rapidamente áreas e volumes de figuras geométricas.

Seu método sobre os indivisíveis foi muito criticado na época, pois não apresentava o rigor matemático desejado. Cavalieri então, em 1647, publicou a obra Exercitationes geometricae sex , na qual apresentou de maneira mais clara sua teoria. Tal livro transformou-se em fonte importante para os matemáticos do século XVII.

Cavalieri também escreveu sobre Astronomia e Óptica e manteve correspondência com muitos matemáticos da época, entre eles Galileo, Torricelli e Viviani. Permaneceu em Bolonha, Itália até sua morte no dia 30 de novembro de 1647.

Comentários