Daniel Bernoulli (1700 - 1782)

Daniel Bernoulli, filho de Johann Bernoulli e sobrinho de Jacques Bernoulli, nasceu no dia oito de fevereiro em Groningen, nos Países Baixos. Quando tinha cinco anos sua família retornou à Basiléia, na Suíça, cidade natal do seu pai, onde Johann assumiu a cadeira de Matemática na Universidade da Basiléia, deixada por Jacques, após a morte.

Daniel foi o mais famoso dos três filhos de Johann, sendo que todos, em alguma ocasião, ocuparam postos de professor de Matemática.

Aos treze anos, Daniel foi para a Universidade da Basiléia estudar filosofia e lógica. Durante esse tempo aprendeu também os métodos de cálculo com seu pai e com seu irmão mais velho, Nicholas. Entretanto, a imposição de seu pai para que seguisse outra carreira foi tão forte que Daniel se doutorou em Medicina.

O seu estudo em Medicina não o impediu de aprender também as teorias de energia cinética de seu pai, aplicando-as em seus estudos médicos para escrever sua tese sobre a mecânica da respiração. Assim como o pai, Daniel aplicou a Física-Matemática para obter o doutorado em Medicina.

Em 1724, publicou seu primeiro trabalho - Exercícios Matemáticos - dividido em quatro tópicos: o primeiro sobre probabilidade; o segundo sobre o fluxo da água através de um orifício; o terceiro sobre a equação diferencial de Riccati e o quarto sobre a geometria de figuras limitadas por dois arcos de um círculo.

Daniel foi reconhecido pelo seu trabalho sendo, em 1725, convidado a integrar a Academia de São Petersburgo junto com seu irmão mais velho, ao qual também havia sido oferecida uma cadeira. Ambos foram juntos à São Petersburgo. Infelizmente no período de oito meses, seu irmão contraiu uma febre forte e faleceu. Daniel sentiu-se desolado com a perda do irmão e bastante infeliz com o clima quase inóspito que pensou em voltar à Basiléia.

Entretanto, Johann Bernoulli, em 1727, indicou seu melhor aluno, Euler, para trabalhar com Daniel em São Petersburgo. Daniel ficou em Petersburgo até 1733, depois viajou por outros países antes de retornar à Basiléia em 1734.

Sua obra mais importante foi publicada em 1738, Hydrodynamica . Essa obra contém a primeira análise correta de como a água flui através de um orifício em um recipiente. O estudo baseava-se no princípio da conservação de energia que havia estudado com seu pai em 1720. Daniel também discorre sobre bombas e outras máquinas para bombear água. Uma descoberta importante aparece no décimo capítulo onde Daniel discute a base da teoria cinética dos gases e apresenta as leis dos gases e a equação de estado, embora não tão detalhada, descoberta por Van der Waals um século mais tarde. Esse trabalho também contém o princípio da hidrodinâmica, conhecido hoje como Princípio de Bernoulli.

Hidrodinâmica

Seus trabalhos científicos tiveram uma enorme abrangência. Daniel ganhou o grande prêmio da Academia de Paris por dez vezes. Os tópicos desenvolvidos por ele eram sobre Astronomia, Náutica, Magnetismo, Mecânica, Correntes Oceânicas, entre outros.

Um aspecto importante que contribuiu para o desenvolvimento da Física Matemática foi o fato de Daniel ter aceitado e utilizado muitas das teorias de Newton, em conjunto com o Cálculo de Leibniz.

Daniel também produziu trabalhos de importância na área de probabilidades e política econômica. Ele criou o conceito de esperança moral e aplicou-o na área de seguros. Estudou as cordas vibrantes e foi um precursor no campo das equações diferenciais parciais.

Daniel Bernoulli morreu no dia 17 de março de 1782, em Basiléia, aos 82 anos.

Comentários