Plano de negócios

Plano de negócios

(Parte 1 de 3)

Plano de Negócios para empresas na Internet

Modelo ABCcommerce

- VERSÃO 2.4 -

Material distribuído gratuitamente por:

w.lebooks.com.br

Permitida a cópia e distribuição.

Não autorizada qualquer alteração de formato ou conteúdo. Material protegido pela Lei de Direitos Autorais Conheça a Lei 9610

Autor:

Prof. Dailton Felipini Mestre em Administração FGV-SP

Modelo

ABCcommerce

I. Apresentação4
I. SUMÁRIO EXECUTIVO6

Página

1.1. DADOS DA EMPRESA6
1.2. DADOS DOS DIRIGENTES6
1.3. DEFINIÇÃO DO NEGÓCIO6
1.4. FONTES DE RECEITA7
1.5. NECESSIDADE DE MERCADO A SER ATENDIDA7
1.6. CENÁRIO FUTURO PARA O MERCADO7
1.7. VISÃO7
1.8. MISSÃO8
1.9.1. Ambiente Externo: OPORTUNIDADES e AMEAÇAS8
1.9.2. Ambiente Interno: PONTOS FORTES e PONTOS FRACOS8
1.9.3. FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO9
1.10. INFRA-EST RUTURA10
1.1. RECURSOS HUMANOS10
1.12. RECURSOS FÍSICOS10
1.13. SITE E RECURSOS TECNOLÓGICOS10
1.14. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES: Empreendimento1

O EMPREENDIMENTO 61. 1.9. ANÁLISE S.W.O.T. (Strengths, Weaknesses, Opportunities, Threats)…… 8

2.1. SUMÁRIO: Produtos12
2.2. DESCRIÇÃO DOS PRODUTOS13
2.3. SISTEMAS DE QUALIDADE DOS PRODUTOS12
2.4. NORMAS E REGULAMENTOS TÉCNICOS12
2.5. REGIST ROS NECESSÁRIOS12
2.6. ALIANÇAS ESTRATÉGICAS14
Terceirizações14
Parcerias14
Representantes14
2.7. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES: Produtos14

2. O PRODUTO 12 2

3.1. SUMÁRIO: Mercado15
3.2. IDENTIFICAÇÃO DO PÚBLICO ALVO15
3.2.1. Descrição dos Segmentos16
3.2.2. Dados demográficos:16
3.3. TENDÊNCI AS DE MERCADO17
3.4. PARTICIPAÇÃO PRETENDIDA NO MERCADO17
3.4.1. Projeção para o Público Alvo17
3.4.2. Projeção para o tráfego de visitantes17
3.4.3. Planilha de participação no mercado18
3.5. CONCORRÊNCIA18
3.5.1. Quantidade de concorrentes18
3.5.2. Análise dos principais concorrentes19
3.6. DIFERENCIAL COMPETITIVO19
3.7. METAS ESPECÍFICAS: Mercado19

3. O MERCADO 15

4.1. POLÍTICA DE PREÇOS20
4.2. CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO20
4.3. DOMÍNIOS, MARCAS E PATENTES21
4.4. ESTRATÉGIAS DE PROMOÇÃO E VENDAS21
4.4.1. PROMOÇÃO ON-LINE21
4.4.2. PROMOÇÃO OFF-LINE2
4.4.3. EQUIPE DE VENDAS2
4.5. PÓS-VENDA2
4.6. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES: Marketing2

4. O MARKETING 20

5.1. Fontes de Financiamento e equilíbrio financeiro23
5.2. Demonstrações Financeiras23
5.2.1. Demonstração de Resultados24
5.2.2. Fluxo de Caixa e Rentabilidade do projeto25
5.3. Outras planilhas26
5.3.1. Receitas26
5.3.2. Investimentos27
5.3.3. Custo dos Produtos Vendidos27
5.4. Metas Específicas: Finanças27

5. AS FINANÇAS 23

6. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES E METAS 28

7.1. Capacitação técnica do sócio-diretor29
7.2. Experiência empresarial29
7.3. Currículo dos Dirigentes29

ANEXOS 297. 3

Apresentação Caro amigo empreendedor.

cronograma estabelecido inicialmente por você

O objetivo deste material é auxiliá-lo no planejamento de seu negócio e aumentar as suas chances de sucesso, nesse novo e imenso mercado chamado Internet. Através da elaboração de seu Plano de negócios, você vai poder conhecer melhor o seu projeto e prever com mais segurança todas as variáveis fundamentais para o alcance de seus objetivos. Vai poder também, uma vez iniciadas as atividades, acompanhar o desempenho de sua empresa e o alcance das metas dentro do O Modelo ABCcommerce foi elaborado com a preocupação de equacionar aspectos que são cruciais para as empresas da Internet, como o site e recursos tecnológicos utilizados, a promoção on-line, a mensuração da participação no mercado e das receitas baseadas na visitação do site, entre outras. Também para as empresas tradicionais, que pretendem investir na Internet, o modelo deve se mostrar útil no planejamento de suas futuras ações nesse meio. Para facilitar o seu entendimento, o modelo foi criado em módulos que se complementam e procuram responder a diferentes questões sobre o projeto, conforme ilustrado no quadro abaixo:

O QUE vai ser feito ? Por QUEM? => 1. EMPREENDIMENTO

O QUE vai ser oferecido ao mercado?=> 2. PRODUTOS

A QUEM o produto vai ser oferecido e QUEM vai competir conosco? => 3. MERCADO

COMO o cliente vai ser atendido ? => 4. MARKETING

QUANTO gastaremos e de QUANTO será o nosso retorno? => 5. FINANÇAS

QUANDO realizaremos as atividades e atingiremos as metas? => 6. CRONOGRAMA de ATIVIDADES E METAS

Além de: Resumo do projeto => SUMÁRIO EXECUTIVO Anexos => INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Quando você tiver respondido satisfatoriamente todas essas questões, terá em mãos o seu Plano de Negócios e estará preparado para iniciar o seu projeto vencedor.

Onde buscar ajuda:

Para ganhar um precioso tempo na elaboração das diversas PLANILHAS FINANCEIRAS, necessárias no módulo de Finanças deste e-book, você pode adquiri-las já prontas e adaptá-las ao seu projeto. Pode adquirir, também, um PLANO DE NEGÓCIOS PRONTO para servir como modelo no desenvolvimento de seu projeto. Juntamente como esses dois produtos, você recebe um TEMPLATE com a estrutura do modelo de Plano de Negócios no formado do Word, para facilitar o seu trabalho de digitação. Tudo isso você vai encontrar em:

w.lebooks.com.br

Para um maior aprofundamento em questões relacionadas ao e-commerce, não deixe de visitar o site: http://www.e-commerce.org.br/

Interessado em cursos e palestras para você ou sua empresa? Visite: http://www.e-commerce.org.br/cursos.htm

Boa sorte e muito sucesso em seu empreendimento.

Dailton Felipini LeBooks

O Sumário Executivo é uma síntese de seu Plano de Negócios e, embora seja apresentado no início do plano, é muito provável que você só vá tratar de elaborá-lo ao término dos módulos principais. Isso porque assim se tornará mais fácil selecionar e sintetizar os aspectos mais relevantes de seu projeto. O Sumário Executivo vai oferecer ao leitor uma idéia geral do projeto e seus aspectos mais importantes, de forma a despertar o interesse e, principalmente, facilitar o entendimento do plano por parte do leitor, que poderá ser um investidor, um futuro sócio ou um parceiro comercial. Em princípio, não é necessário mais do que uma ou duas páginas para isso, senão deixará de ser um sumário.

1. O EMPREENDIMENTO

Nota: O objetivo desse primeiro módulo é mostrar quais serão as bases para a realização do projeto e quem terá a responsabilidade de gerenciá-lo, além da análise estratégica da empresa em relação ao mercado. Através da resposta a cada um dos itens seguintes, pretende-se demonstrar o que é, afinal de contas, o empreendimento a ser implantado.

1.1. DADOS DA EMPRESA

eletrônico, números de telefone, emailData de início das atividades da
números de telefone e e-mail
1.2. DADOS DOS DIRIGENTES

Colocar os dados gerais como nome da empresa, endereço, endereço empresa, caso já esteja em funcionamento. Nome de um responsável para contato, que geralmente será um dos dirigentes da empresa e respectivos

Colocar os dados básicos como Nome, Profissão e Responsabilidade no Projeto, bem como números de telefones, assim como e-mail para contato. O currículo e perfil de cada um serão apresentados nas informações adicionais.

1.3. DEFINIÇÃO DO NEGÓCIO

Imagine que a sua empresa já está funcionando e alguém lhe pergunte qual é a atividade desenvolvida. A resposta objetiva e concisa é o que deve ser colocado neste item. Para isso, um ou dois parágrafos devem ser suficientes.

Dica: Encontrar um bom nicho de mercado com o qual você tenha afinidade, pode ser a chave para o sucesso na Internet. Você encontra um excelente ebook, com orientação prática e dicas sobre como encontrar e avaliar segmentos de mercado, em: Oportunidades de Negócios na Internet

1.4. FONTES DE RECEITA

É interessante, explicitar a(s) fonte(s) de geração de caixa decorrentes da atividade da empresa, em vista que, sem isso, nossa atividade deixará de ser um negócio. Embora isso pareça óbvio, um histórico recente das empresas pontocom que fecharam as portas, mostra um freqüente descaso com a questão essencial de qualquer negócio: uma empresa tem que gerar receitas, e essas receitas, em algum momento, devem ser maiores que as despesas. Um parágrafo resolve essa questão tendo em vista que uma descrição mais detalhada será realizada no módulo: “FINANÇAS”.

1.5. NECESSIDADE DE MERCADO A SER ATENDIDA

atendida, o negócio não é viávelAlém disso, vai forçá-lo a pensar sob a ótica

De certa forma é uma continuidade da pergunta anterior, mas é uma questão essencial porque, na verdade, se não houver uma boa necessidade a ser do cliente, o que é extremamente saudável.

1.6. CENÁRIO FUTURO PARA O MERCADO

O objetivo aqui é: tomando-se por base a realidade de mercado atual, prospectar o futuro e associar as grandes tendências econômicas, sociais, ambientais, entre outras, ao negócio da empresa. Será que a necessidade de hoje persistirá no futuro? Irá se ampliar ou talvez se extinguir? A evolução natural da sociedade e da economia levará à ampliação do mercado e à abertura de novas oportunidades para o seu negócio? Lembre-se que, na área de tecnologia, o amanhã está sempre a poucos passos do hoje.

Dica: No caso de empresas na Internet, além da análise para cada mercado específico, é importante se considerar a evolução da penetração da Internet junto ao público alvo, uma vez que esse é o canal através do qual a transação será realizada e, portanto, pode funcionar como uma válvula, expandindo em maior ou menor velocidade, o mercado. Veja o artigo “O que o futuro reserva para o eCommerce no Brasil” sobre as perspectivas de crescimento da Internet em: http://www.e-commerce.org.br/Artigos/ecommerce_brasil1.htm

1.7. VISÃO (Objetivos de longo prazo)

Uma vez prospectado o futuro, como o seu negócio vai se inserir nessa realidade? De forma objetiva, defina o que será a sua empresa no futuro, em termos de importância, ou participação no mercado, ou desempenho, ou outro critério ou combinação de critérios. A intenção aqui é deixar claro os macroobjetivos da empresa, um estágio futuro a ser atingido, de tal forma que as atividades e ações desenvolvidas por você ao longo do tempo estejam em sintonia com esses objetivos.

1.8. MISSÃO

Para que sua empresa atinja o patamar desejado e o objetivo definido no item visão, ela precisa desempenhar uma missão junto aos seus clientes. Lembre-se de que o atendimento eficaz das necessidades dos clientes deve ser sempre a motivação da empresa, portanto, a missão deve estar relacionada a esse atendimento. A pergunta: “Qual é a utilidade de minha empresa para meus clientes?” Vai ajudá-lo a estabelecer a sua missão.

1 1.9. ANÁLISE S.W.O.T

Nota: A análise estratégica possibilita ao empreendedor visualizar a empresa em relação às oportunidades e ameaças existentes no mercado, assim como identificar as suas forças e fraquezas. A Análise SWOT ajuda o empreendedor a focalizar sua atenção naqueles fatores que são cruciais para que a empresa possa ter sucesso. Veja, na próxima página, um exemplo desse tipo de análise.

1.9.1. Ambiente Externo: OPORTUNIDADES e AMEAÇAS

• Liste as variáveis positivas que se apresentam no ambiente externo e que podem alavancar o sucesso da empresa

• Liste também as variáreis negativas que podem comprometer esse sucesso.

1.9.2. Ambiente Interno: PONTOS FORTES e PONTOS FRACOS

• Liste os pontos fortes da empresa que podem ajudar o seu desempenho.

• Liste os pontos fracos que podem comprometer o desempenho

1.9.3. FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO

quais são essas variáveis

Fatores críticos são aquelas variáveis que podem representar o sucesso ou fracasso de seu empreendimento e, portanto, merecem toda sua atenção. O cruzamento das oportunidades de mercado com os pontos fortes da empresa, bem como ameaças de mercado x pontos fracos da empresa, vai lhe indicar

SWOT = Strengths (forças); Weaknesses (fraquezas) , Opportunities (oportunidades), Threats (ameaças) 8

Ambiente Externo OPORTUNIDADES (+) AMEAÇAS (-) 1. A escassez de tempo das pessoas, principalmente nos grandes centros, abre uma excelente oportunidade de oferta de lazer a custo baixo e com a comodidade de não ter que se deslocar até uma vide-locadora.

centros urbanos

1. Forte concorrência das vídeo-locadoras já implantadas, principalmente nos grandes

de transações

2. Mudança comportamental da sociedade. Á medida que novas gerações vão surgindo, amplia-se a familiaridade com o uso da Internet como fonte de informação e meio para realização

2. Necessidade de alto volume de Investimentos na montagem de loja, compra de vídeos, veículos para entrega e afins.

3. Benefícios da Tecnologia. As Vídeolocadoras tradicionais têm milhares de fitas nas prateleiras onde o cliente tem que vasculhar a procura de algo que lhe agrade. A tecnologia da Internet possibilita que o cliente possa encontrar facilmente o que procura, receber sugestões de filmes, dicas, saber a avaliação do filme dada pelos outros clientes, entre outras, gerando valor adicional ao serviço.

pelo ambiente da Internet

3. Dificuldade de mudança de hábitos. As pessoas gostam de circular pelos corredores, olhar as novidades, perguntar ao gerente alguma dica de filme interessante. Muita gente nunca substituirá esse ambiente, já familiar,

1. Conhecimento do ambiente competitivo

Ambiente Interno PONTOS FORTES (+) PONTOS FRACOS (-) A Internet é um canal recente de comercialização e um ambiente de grande dinamismo em termos de inovações. A falta de conhecimento dos princípios que regem esse setor foi uma das causas de quebra de muitas empresas da Internet. Um dos sócios é gerente de uma empresa ponto-com há cerca de 4 anos e conhece bem o mercado de atuação.

operará com resultados negativos

1. Falta de recursos financeiros para alavancar o projeto durante o período de amadurecimento no qual, necessariamente, se

3. Acesso ao mercado. Um dos sócios foi gerente de uma vídeo-locadora durante vários anos e conhece o mercado, os distribuidores e as variáveis importantes do ramo de negócios.

o FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO

(+)(+). A escassez de tempo das pessoas, estimulará a demanda pela diversão de baixo custo que pode ser adquirida de forma cômoda, sem sair de casa. O conhecimento do ambiente da Internet vai possibilitar o aproveitamento eficiente dessa oportunidade

proposta é terceirizar o máximo possível, de forma a diminuir a necessidade de investimentos

(-)(-) A necessidade de alto volume de investimentos iniciais aliada à não disponibilidade de recursos é o principal problema do empreendimento. Esse fator deverá ser enfrentado com a instalação da empresa em incubadora, visando à diminuição de custos e, também, por meio da implementação ativa de parcerias, buscando alavancar o retorno em relação ao investimento. A

dicas de filmes, utilizando os benefícios da tecnologia

(-)(+) A estratégia para superar a dificuldade do hábito de compras on-line é basicamente trabalhar com alto volume de visitantes expostos as ofertas e com a criação de um ambiente de comunidade virtual, familiar ao visitante, onde ele possa interagir, obter informações qualificadas, 9

1.10. INFRA-ESTRUTURA

como investimento ou despesa no tópico de Análise FinanceiraGeralmente a infra-

Nota: Descrever o que será necessário organizar e colocar em funcionamento para que a empresa comece a andar. Os custos necessários para a montagem da estrutura entrarão estrutura é composta dos seguintes itens:

1.10.1 RECURSOS FÍSICOS

Listar as instalações da empresa, os equipamentos e o material permanente, assim como as respectivas quantidades e custos.

1.10.2 RECURSOS HUMANOS

Detalhar os cargos, funções e salários.

1.10.3 SITE E RECURSOS TECNOLÓGICOS

O site e os sistemas de informação utilizados, são de importância fundamental para o sucesso de uma empresa na Internet e, por isso, merecem atenção especial. Aqui você vai especificar o que será implantado para o início das operações, lembrando que na área tecnológica são constantes as atualizações nas quais os recursos são ampliados ou melhorados, de forma a atender as necessidades crescentes do negócio. É importante sempre citar os fornecedores de soluções, uma vez que o seu desempenho, quase que inevitavelmente, vai depender também do desempenho de seus parceiros.

Variáveis importantes que devem ser consideradas:

Desenvolvimento do site. É interessante colocar os investimentos necessários à montagem do site, prazos para conclusão, se o site será desenvolvido por terceiros (preferível) ou internamente.

Aspectos técnicos. Definir a linguagem a ser utilizada no

de pagamento, a segurança e fornecedores

desenvolvimento, plataforma, utilização de bancos de dados, os sistemas

Características do site. Definir os objetivos do site, questões relativas à navegabilidade, principais aplicações.

Software. Relacionar os principais sistemas utilizados, fornecedores e custos envolvidos.

Dica: Você encontra um excelente ebook com as principais questões relacionadas ao planejamento e gerenciamento de uma loja virtual em: w.lebooks.com.br

1.1. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES: EMPRENDIMENTO

atividades relacionadas ao empreendimento

Listar todas as atividades relacionadas ao tópico EMPREENDIMENTO, bem como mês inicial e final, previstos para sua execução. O objetivo do cronograma de atividades é facilitar a transformação do planejamento em ação, por meio da comparação entre as atividades planejadas e as executadas. Além de, é claro, lembrá-lo de ações referentes ao empreendimento que foram planejadas e que devem ser executadas nas datas especificadas. Abaixo seguem exemplos de

Mês Empreendimento

Constituição legal da empresa X X
Locação de SalasX X
Compra de equipamentos e mobília X X
Contratação de profissionais X X X X X X X
Montagem do site X X
Compra de Software X
Lançamento do siteX

O Cronograma de atividades vai aparecer novamente no módulo 2 - PRODUTOS, e no módulo 4 – MARKETING. No módulo 6-CRONOGRAMA GERAL DE ATIVIDADES E METAS, eles serão anexados às metas dos módulos 3 e 5 para compor uma relação de todas as atividades e metas associadas ao seu projeto.

2. OS PRODUTOS

bicicletas..), produtos digitais (software, e-books..) ou serviços (consultoria, leilões on line..)

Nota: O sucesso de seu negócio está intimamente relacionado ao produto que você vai oferecer. As suas características, a disponibilidade para colocação no mercado, a qualidade e, principalmente, em que medida ele atende às necessidades de seu cliente. O objetivo deste módulo é ajudá-lo a conhecer melhor seu produto. Lembre-se que “Produto” é tudo aquilo que você oferece ao mercado em troca de um pagamento. Isso inclui: bens tangíveis (livros,

(Parte 1 de 3)

Comentários