Narrativas orais da Ilha de Mosqueiro: memória e significado

Narrativas orais da Ilha de Mosqueiro: memória e significado

(Parte 1 de 6)

A LCIR DE VASCONCELOS ALVAREZ RODRIGUES

Narrativas orais da Ilha de Mosqueiro: memória e significado

BELÉM

2006

A LCIR DE VASCONCELOS ALVAREZ RODRIGUES

Narrativas orais da Ilha de Mosqueiro: memória e significado

Monografia apresentada ao curso de Pós-Gradua-

ção “lato sensu” do Centro de Ciências Humanas

e Educação da UNAMA, como requisito para ob-

tenção do título de Especialista em Língua Portu-

guesa e Análise Literária, sob orientação da Profª

Ms. Ivânia Corrêa.

Belém-Pará

Universidade da Amazônia

2006

N arrativas orais da Ilha de Mosqueiro: memória e significado

Avaliado por:

___________________________________

___________________________________

Data: _____/ _____/ _____

Belém-Pará

Universidade da Amazônia

2006

Dedico este trabalho a todos aqueles que, neste

país, jamais tiveram vez e voz. Que um dia pos-

sam vir a ter.

Meus agradecimentos extremados aos

Srs. José Brígido da Trindade e José

Bentes Bahia.

Por isso eu pergunto

A vocês no mundo

Se é mais inteligente

O livro ou a sabedoria.

(Marisa Monte)

Há uma poesia qualquer perdida na Quarta Rua, ou no Pratiquara, na ponta do Maracajá ou na Pedreirinha que atrai, prende, sufoca, domina nossos desejos, conduz nossos sentimentos, guia nossos passos em busca da felicidade!

(Augusto Meira Filho)

R esumo

Esta monografia apresenta duas narrativas de dois moradores da Ilha do Mosqueiro, transcritas e analisadas por nós com o escopo de demonstrar que − principalmente na quase total ausência de documentação − a oralidade, a Historia oral, pode ser relevante fonte de dados que preservem e valorizem a memória local, permitindo, assim, a apreensão de fatos e informações acerca do funcionamento da estrutura sócio-histórico-cultural da comunidade da Ilha.

A bstract

This monographic work presents the oral narratives of two Mosqueiro’s residents. They are transcribed and analyzed with the objective of to demonstrate when there is scarcity of documentation, orality, oral History, can be very important data fountain to preserve and to give value to local memory, permitting, therefore, the apprehension of facts and information about the cultural-historical-social structure of the island’s community.

S umário

APRESENTAÇÃO 10

Capítulo 1 13

A importância da oralidade 13

1.1 Importância e descaso 13

1.2 A tecnologia e a ressurreição da voz 14

1.3 Narrativas orais: a voz/vez do povo 15

1.3.1 A História oral e Paul Thompson 16

1.3.2 O mito e sua importância dentro da oralidade 13

1.3.3 Malinowski, Geertz, Eliade, McLuhan, etc. 17

Capítulo 2 20

Narrativas orais da Ilha de Mosqueiro 20

2 .1 Passos da pesquisa 20

2.1.1 Mosqueiro 20

2.1.2 O transcorrer da pesquisa 24

2.1.3 Entrevistados 25

2.2 Análise das narrativas 27

(Parte 1 de 6)

Comentários