Ainda que a figueira não floresça - Paulo Bueno

Ainda que a figueira não floresça - Paulo Bueno

(Parte 1 de 6)

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

Dedico este livro a memória de todos aqueles que partiram, sem entenderem neste mundo a razão de seu sofrimento, na certeza de que eles na eternidade entenderão, quando estiverem frente a frente com Aquele que enxuga dos olhos toda a lágrima!

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

O irmão Paulo Bueno é pastor, conferencista, escritor, professor de

1986, casado com Raquel e pai de Tafnes e Sherah

Sistemática e Línguas Originais, líder na América do Sul da Missão Navegadores, bacharel em teologia pelo Janz Team, estudante de Psicologia, aluno do curso de mestrado em teologia e história, líder evangélico desde

Atualmente reside no sul do Brasil, onde tem redescoberto seu ministério, e de uma forma apostólica vem auxiliando pastores e líderes, junto às suas igrejas locais, em questões teológicas e éticas, apoiando com fundamentação bíblica.

Seu ministério nos Navegadores é encorajar, incentivar e estimular vidas; descobrindo e investindo em novos ministérios que surjam no seio da Igreja.

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

IntroduçãoPág. 05
Cap. 2 - Ei! Deus o que está acontecendo?Pág. 1
Cap. 4 - Os dias do quarto escuroPág. 19
Cap. 5 - Quando não sou entendidoPág. 23
Cap. 6 - O calcanhar de AquilesPág. 27
Cap. 7 - Duvidando da féPág. 30
Cap. 9 - Uma história com final felizPág. 36
Cap. 10 - O diário do caosPág. 40
Cap. 1 - Subindo a montanha do regozijoPág. 4
Cap. 12 - A nossa ética na lutaPág. 47

SUMÁRIO Cap. 1 - Nenhum ser humano está imune ao sofrimento Pág. 07 Cap. 3 - Guardando no coração todas as coisas Pág. 15 Cap. 8 - Que valor pode haver no sofrimento? Pág. 3 Epílogo Pág. 51

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

“...Quando veio um leão...” (1 Sm 17.43b) , eu não sei quais são os leões de sua vida, eu sei da minha, mas uma coisa é certa, Deus não nos deu leões maiores do que as nossas forças.

nem ninguém pode tira-lo dali

Meu amado (a), como é maravilhoso saber que o Senhor Jesus está no meio de nossas crises administrando tudo e nada do que nos acontece, nos acontece sem que Ele o permita, ele está no Trono, reinando soberano e nada,

As flores mais bonitas são aquelas que crescem na sombra, nos lugares mais escuros do jardim. No mundo espiritual ocorre da mesma forma as pessoas mais sofridas e que vivem nas lutas mais profundas são aquelas que tem as mais belas histórias de vida para nos relatar, pois, nessas vidas é que vemos profundidade, manifestação de Deus, cheiro e gosto pela vida e o mais importante de tudo que é a sensibilidade espiritual, que é o nervo da alma. Como é bom quando encontramos uma dessas flores e com ela podemos compartilhar sobre os processos de Deus em nossas vidas.

Meu desejo depois de vinte e dois anos. sonhando com o dia que teria coragem de escrever essas linhas, é que essas linhas simples, venham a animálo (a), a entrar nessa dimensão. Deixe que o processo de Deus venha envolvelo (a), nas sedas de Seu carinho e proteção Paternal. Ele tem um plano com tudo isso em sua vida e quer revelar-se a você, mesmo em meio a toda a crise que estás passando.

Muitas vezes, Ele nos separa e nos esconde junto à torrente de

Querite, (1 Rs 17.3), para que ali venha a nos tratar e trabalhar mais de perto no nosso caráter. Ele é o Pai bondoso que nos esconde na Querite de uma luta, na Querite de uma enfermidade, na Querite de um luto, na Querite de uma solidão. E mesmo quando seca a fonte de Querite, (1 Rs 17.7), no meio de nossa maior luta, saiba que é Ele novamente preparando um outro lugar para nos esconder e ali nos tratar. E lembre-se que sempre que se findar uma Querite, é porque Ele tem uma Sarepta logo ali na frente para nos esconder nela.

Ele no final transformará o lugar de trevas em luz, à dúvida virá ser dissipada pelo entendimento e a dor será substituída pela Paz. Ele está agora aí bem perto de você, pois Ele é a Torrente do teu Querite e Tua viúva em Sarepta.

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

Leia até o final essas linhas, não desista, pois, elas irão mudar o rumo de sua vida, tornar claro como o meio dia o motivo do teu sofrimento, Ele quer abrir teu entendimento sobre Sua vontade quanto a todas as tuas lutas e consternações, são escritas por um conservo seu, que viu a fornalha da aflição sete vezes mais aquecida naquele dia, mas o quarto homem estava lá e libertou-me pela louvá-Lo e então do meio de minha crise eu pude vê-Lo e adorá-Lo. Oh! Como eu aprendi a amá-Lo mais desde aquele dia! Que Deus te abençoe nessa sua caminhada, não desista, pois, perto está o Senhor.

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

Davi estava muito cansado e necessitado de uma Palavra de conforto, vinda do próprio coração de Deus, naquele dia Ele lhe disse: “Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR de todas o livra” (Salmo 34.19). Às vezes não entendemos porque no outono as folhas têm que cair das árvores e só então começarem, muitas delas, a recuperarem o verdor na primavera. Em nossas vidas também antes de entrarmos num inverno espiritual rigoroso, primeiro começamos a notar que começam a cair às folhas, para só depois começarem os primeiros rigores do inverno, justamente quando mais necessitamos ver o verde e sentir o cheiro tonificante delas. Temos que perdelas. Por que? Porque não haveria primavera sem inverno, assim como não haveria doce sem o amargo e não haveria valor na luz, se não tivéssemos consciência da existência da escuridão.

A palavra sofrimento aparece cerca de doze vezes em toda a Bíblia e sempre num contexto de que por trás existe uma razão e um consolo de que Deus irá operar e mudar aquela circunstância. Hebreus 2.9 “vemos, todavia, aquele que, por um pouco, tendo sido feito menor que os anjos, Jesus, por causa do sofrimento da morte, foi coroado de glória e de honra, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todo homem”. O Senhor Jesus passou pelo maior de todos os sofrimentos que até hoje qualquer ser humano pudesse passar, Ele venceu o sofrimento da morte de todos os homens em todas as épocas, para que nós vivamos nossa vida nEle.

Evidentemente, os cristãos não estão imunes a dor das aflições em qualquer tempo - dores, sofrimento, privações, contratempos e tristezas que tocam à humanidade em geral. Mas Cristo, pode libertar-nos de todas elas. Assim como o farol construído sobre a rocha no meio do oceano atribulado fica estável quando é fustigado pela tormenta.

Desta forma é-nos apresentada a palavra de Deus através do profeta

Habacuque, ela que tem sido posta à prova e confirmada na experiência de numerosos cristãos através dos séculos.

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas sejam arrebatadas do aprisco, e nos currais não haja gado, todavia, eu me alegro no SENHOR, exulto no Deus da minha salvação ” (Hc 3.17-18).

Não se desespere, mas louve-o no meio da tempestade que estás atravessando, porque Ele está no comando de tudo e no tempo certo irá te tirar desse lugar. É Deus que nos leva para sermos provados e Ele é quem vem nos retirar da prova. Diga aos seus inimigos pela fé, em breve Ele virá me levar desse lugar, no momento certo e eu terei uma grande vitória para testemunhar.

Lembro-me que há alguns anos atrás eu vi um filme sobre a segunda guerra mundial, ‘os nazistas vieram e destruíram toda uma cidade e ficaram apenas algumas pessoas entre as quais um pai e um menino, judeus, o pai precisou ir embora para outro lugar e ele prometeu que voltaria um dia e os dois seriam muito felizes juntos em um lugar chamado: paraíso, então o menino ficou escondido durante meses em um pequeno buraco, alimentandose de sobras e restos que encontrava, e em muitos momentos, era quase encontrado pelos nazistas em cenas de muito suspense, até que um dia seu pai depois de findada a guerra, voltou e os dois se encontraram, eles foram morar juntos em uma pequena fazenda, sem precisarem nunca mais estar separados’.

Isso ilustra muitas vezes os momentos que estamos vivendo, tenha plena certeza de que, se Deus nos colocou em alguma situação, esteja certo como o ar que você respira que Ele mesmo, irá vir busca-lo e aí daquele que tentar impedi-Lo de tirar você dali. Isaías 43.13 diz, “Ainda antes que houvesse dia, eu era; e nenhum há que possa livrar alguém das minhas mãos; agindo eu, quem o impedirá?”. Não desista, não se entregue, a vitória virá com toda a certeza, se você perseverar durante a tribulação, honrando e preferindo sempre o Senhor, ele irá honrar você. Há um velho ditado que diz o seguinte, falando sobre a perseverança na luta, e a honra concedida aos vencedores:

Há outros que lutam um ano e são melhores.
Há outros que lutam toda a vida;
Esses são imprescindíveis”.

“Há homens que lutam um dia e são bons,

Não se curve perante as acusações daqueles que não entendem você nesse seu momento de dor e sofrimento, mas, antes deposite em Deus sua dor e sua falta de forças nesse tempo, veja o que diz Pedro, um homem que soube

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com o que era a dor: 1 Pedro 5.7 “lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. O senhor Jesus entende você e conhece cada um dos teus limites e a capacidade de suportar que tens. Ele irá com toda a certeza intervir em Sua ocasião. Uma foto se apressada a sua revelação, será confusa e sem nitidez, quando contemplada. Salmos 121.4 “É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel”.

Das visíveis derrotas Deus é especialista em extrair as Suas maiores vitórias. Muitas vezes os nossos inimigos espirituais parecem estar já com a vitória assegurada. Até que aparece o Senhor e faz uma coisa extraordinária. Veja o que diz o autor dos Hebreus, “Ainda uma vez por todas, farei abalar não só a terra, mas também o céu”. (Hb 12.26b). Quando Deus chega em nossas vidas, ele vem abalando céus e terra, trazendo-nos o livramento e a impetração da vitória final sobre aquele momento de dor e sofrimento. Ele diz: Jó 5.18 “Porque ele faz a ferida e ele mesmo a ata; ele fere, e as suas mãos curam” e Oséias 6.1 “Vinde, e tornemos para o SENHOR, porque ele nos despedaçou e nos sarará; fez a ferida e a ligará”.

Se hoje você está passando por uma grande provação, não pense que esta é a sua derrota final, pois, lembre-se que maior que qualquer provação é o Deus Todo Poderoso. Continue agindo por fé, declarando vitória em nome do Senhor Jesus, logo, logo você verá uma grande vitória em sua vida. Tenha consciência de que ele nos ensina e nos prova e nos faz crescermos em meio a todas os lutas e provações que passamos, é a oportunidade de exercermos nossa fé nEle.

Isaías 30.26 “A luz da lua será como a do sol, e a do sol, sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o SENHOR atar a ferida do seu povo e curar a chaga do golpe que ele deu”.

1 Coríntios 10:13 “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar”.

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

Tiago 1:12 “Bem-aventurado o homem que suporta, com perseverança, a provação; porque, depois de ter sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam”.

Salmos 118:5 “Em meio à tribulação, invoquei o SENHOR, e o SENHOR me ouviu e me deu folga”.

Salmos 138:7 “Se ando em meio à tribulação, tu me refazes a vida; estendes a mão contra a ira dos meus inimigos; a tua destra me salva”.

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com

Salmos 25.4 “Faze-me, SENHOR, conhecer os teus caminhos, ensiname as tuas veredas”.

Existem muitas ocasiões em nossa vida que não compreendemos o que

Deus está fazendo ou operando, ou até porque Ele ‘não está fazendo nada’. Tenho descoberto que quem não tem Cristo como o centro de sua vida, nunca estará satisfeito com nada! Todos nós somos por natureza, inquietos, insatisfeitos e ansiosos, trabalhamos, estudamos, namoramos, casamos, constituímos família e descemos a sepultura, mas sempre querendo: Mais! Mais! E mais! Temos sempre uma pergunta para Deus, onde encontrarei felicidade, Senhor?

aumenta ciência aumenta tristeza” (Eclesiastes 12.13-18)

Temos que ter a noção de que existem muitas coisas em nossas vidas que jamais mudarão e não devemos brigar com Deus, mas entender e vencer os obstáculos através da fé. Veja o que disse Salomão: “Apliquei o coração a esquadrinhar e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu; este enfadonho trabalho impôs Deus aos filhos dos homens, para nele os afligir. Atentei para todas as obras que se fazem debaixo do sol, e eis que tudo era vaidade e correr atrás do vento. Aquilo que é torto não se pode endireitar; e o que falta não se pode calcular. Disse comigo: eis que me engrandeci e sobrepujei em sabedoria a todos os que antes de mim existiram em Jerusalém; com efeito, o meu coração tem tido larga experiência da sabedoria e do conhecimento. Apliquei o coração a conhecer a sabedoria e a saber o que é loucura e o que é estultícia; e vim a saber que também isto é correr atrás do vento. Porque na muita sabedoria há muito enfado; e quem

poder do Senhor JesusTalvez você tenha essa pergunta em seu coração, mas

A má notícia que tenho para dar, é que as lutas e sofrimentos, sempre existirão, perturbações, desesperos, depressões, guerras, etc. Salomão diz que até mesmo as coisas boas da vida tem seus momentos de defeito, mas a boa notícia é que todas essas coisas são menores do que o nosso Deus, e não podem prejudicar a paz e a alegria interior que Ele nos dá. As circunstâncias externas não podem nos sobrepujar se soubermos como lidar com elas no por quê Senhor? A resposta do Senhor é: ‘filho é para o seu crescimento e o

© Paulo Bueno – paulo@vinhonovo.zzn.com seu bem, pois, em minha Palavra diz: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo

o seu propósito”. Romanos 8.28

Deus muitas vezes nos mostra o lado escuro da vida, porém, Ele também nos deu a esperança viva de que é possível vivermos na benção, e ele quer nos dar isso, nesta mesma vida, uma vida cheia de fé, temor e alegria. A Bíblia diz: Salmos 37.4, “Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração”. Estive pesquisando sobre o assunto, pois sou muito curioso e observador por natureza, queria saber o que no original significa ‘agradar-me do Senhor’, descobri que o verbo tem a conotação de tratar com carinho, com suavidade, com delicadeza, com amabilidade, com requinte a Deus, pois, Ele é um cavalheiro, um gentleman. Deus é afetuoso nas coisas que faz por nós, devemos tratá-lo como Ele merece ser tratado e não com soberba e arrogância. Muitas pessoas não conseguem jamais sentir Deus abençoando os sonhos de seus corações, porque O tratam de qualquer jeito. Amados, Deus é um Deus forte e poderoso, sim, mas ele é meigo e cheio de amor. Você lembra que o caráter dEle é amor?

que de antemão esperamos em Cristo” (Ef 1.12)

Devemos sim em todas as situações perguntar para o Senhor: O por que? Mas urge também lembrar que o mais importante é o para que? E a resposta sempre é a mesma dEle para nós, porque ele está nos preparando para o louvor da Sua glória. “A fim de sermos para louvor da sua glória, nós, os

(Parte 1 de 6)

Comentários