Umidade do ar - Chuva - vento

Umidade do ar - Chuva - vento

(Parte 1 de 5)

Umidade do ar –Chuva –Vento

LCE 306 –Meteorologia Agrícola

Prof. Paulo Cesar Sentelhas Prof. Luiz Roberto Angelocci

Aula # 7 Umidade do ar –Chuva –Vento

Umidade do ar Umidade do ar

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci

Aágua éa única su bstância que oco rre nastrêsfase s na atmosfera. Aágua na atmosfera e su as mudança s defase dese mpenha m papelimportantíssi mo e m dive rso s proce sso sfísico s naturais:

Umidade do ar

•Transporte e distribuição de calor (ciclo hidrológico) •Absorção de comprimentos de onda da radiação solar e terrestre

• Evaporação/Evapotranspiração

• Condensação/Orvalho

Consumo de energia na superfície p/ evaporação

Liberação de energia na atmosfera devido à condensação

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci

Emfunçã o disso , afeta vários asp ectosrelacionados àagricu ltura, silvicu ltura, pecu ária e co nse rva çã o de alimentos:

•Conforto animal •Consumo hídrico das plantas

• Relação plantas- doenças/pragas

•Armazenamento de produtos

• Incêndios florestais

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci

Definições e Conceitos

Oteor de va por d água na atmosfera va ria de 0 a 4% do vo lu me de ar. Isso quer dizer que e m u ma dada massa de ar, o máxi mo de va por d água que ela podereter é4%de se u volu me:

•Caso a umidade corresponda a 0% do volume de ar ⇒ ⇒⇒

•Caso a umidade corresponda a um valor entre 0% e 4% do volume de ar ⇒ ⇒⇒

•Caso a umidade corresponda a 4% do volume de ar ⇒ ⇒⇒

Ar Saturado: quando ataxa de esca pe de molécu las de água de u masu perfície líquida para o ar se iguala àtaxa deretorno de moléculas de va por d água do ar para a su perfície líquida. Essa taxa é dependente da te mperatura do siste ma, a qual deter mina a ca pacidade máxi ma de va por d água que o ar podereter.

Afigura a se guirilustra esse proce sso , mostrando u m siste mafech ado, a 20º C, no quale m(a)têm- se o ar se co . Àmedida que a evaporação oco rre, a pressã o exe rcida pelo va por d água au menta(b= ar úmido), atése atingir a co ndiçã o de sa turação para essa te mperatura(c). Caso haja o au mento date mperatura do siste ma, a ca pacidade máxi ma deretençã o de va por do ar au menta, co mo mostra afigura(d).

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci

Manômetro

Ar seco Água

Ar Saturado Ar Saturado

14 g de vapor/kg de ar úmido 26,5 g de vapor/kg de ar úmido

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci

De aco rdo co m aleide Dalton, a pressã o atmosférica (P atm )éigualàso ma das pressõ es parciais exe rcidas portodos os co nstituintes atmosférico s. Isso pode se rreprese ntado por:

P atm

++ P

Resu mindo:

P atm = P

Ar Seco + P H2Ov

Apressã o parcial exe rcida pelo va por d água(P

H2Ov )ésimbolizada pelaletraApressã o parcialexe rcida pelo va por d água(P

H2Ov )ésimbolizada pelaletra

“ e”. Para a condiçã o de sa turaçã o, ou se ja, para o máximo de vapor d água que o ar podereter, utiliza mos o sí mbolo“ es” e para a co ndiçã o de ar úmido, ou se ja, para a co ndiçãorealde va por d água no ar, utiliza mos o sí mbolo“ ea”. Portanto, para ch egar mos àu midaderelativa(UR, e m %), tere mos a se guinte equaçã o:

UR = (ea / es) * 100 “ ea” e“ es” sã o expresso s e m unidade de pressã o(atm, m mHg, mb, hPa ou kP a)

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci

O gráfico psicro métrico , que é aprese ntado no slide a se guir, expressa a relaçã o positiva entre ate mperatura do ar e a pressã o de va por, mostrando quanto de va por o ar podereter para ca da níve ldete mperatura do ar. Acu rva que mostra a relaçã o entre Tar e “ es” pode se r expressa pela seguinte equaçã o:

Essa equação é deno minada de Equaçã o de Tetens e co m ela pode- se deter minar o valor de es para qualquer te mperatura do ar. Caso se deseje ca lcu lar es e m outras unidades, o va lor 0, 611 deve se r substituído por 4, 58 para m mHgou 6, 1 para milibar(mb). Oexe mplo a se guir mostra a va riação de es aolongo do dia, represe ntado por dois horários(7he 14h):

Gráfico Psicrométrico

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci Pressão Atm = 101,3 kPa

Temperatura do bulbo seco (o C)

LCE 360 -Meteorologia Agrícola Sentelhas/Angelocci

Adeter minaçã o da pressã orealde va por(ea)pode se dar de duasfor mas. A mais si mples, ése co nhecendo a u midaderelativa e ate mperatura do ar. Co m ate mperatura ca lcu la- se es e assi m ch ega- se a:

(Parte 1 de 5)

Comentários