Métodos de datação

Métodos de datação

(Parte 1 de 3)

Os métodos de datação agrupam-se em 4 categorias:

1 -métodosradio-isotópicos–taxa de desintegração atômica de uma amostra

2 -métodos paleomagnéticos–padrão de inversão dos pólos magnéticos

3 -métodos químicos orgânicos e inorgânicos –alterações químicas de uma amostra com o tempo

4 –métodos biológicos –taxas de crescimento de organismos para datação do substrato sobre o qual este reside

Medição do decaimento radioativo ou dos produtos do decaimento

Medição do equilíbrio (series do urânio)

Efeitos integrados (termoluminescência e traços de fissão)

Taxas de crescimento

Anéis de crescimento QUÍMICOS

Orgânicos (racemização de aminoácidos)

Inorgânicos taxas de intemperismo tefrocronologia

Em qualquer elemento químico, o número de nêutrons pode variar, resultando em diferentes isótopos do mesmo elemento.

Os isótopos podem ser estáveis ou instáveis -estes últimos sofrem decaimento radioativo e transmutam-se em novo elemento –são denominados isótopos radioativos ou radionuclídeos

O taxa de decaimento radioativo épresumidamente invariável, de forma que um isótopo radioativo decairápara seu produto parente em um conhecido intervalo de tempo.

O método baseia-se na meia-vidados radio isótopos, ou seja, o intervalo de tempo associado àperda de metade da quantidade do material radioativo original -A RADIOATIVIDADE TORNA-SE DIFICIL DE SER MEDIDA APÓS 30 meia-vidas anos0.72% de todourânionatural

Urânio 238 anos

9.27% de todourânionatural; existeemconcentraçõesde 0.5 a

4.7 ppmnasrochas

Urânio 232 anos existe e mconcentrações médias de 10 ppm nas rochas

Urânio 226

226 Ra1.60 x 103 anos em rochas ígneas

Urânio 2 2 Rn3.82 diasgásnobre

Urânio 40 anosno solo

Carbono 14 14 C5730 anos Produzidos pela interação de raios cósmicos

Berilo 7 7 Be53.28 anos Produzidos pela interação de raios cósmicos

Trítio 3 H12.3 anosProduzido com testes de armas e reatores de fissão

Iodo 131 131 I8.04 diasProduzido com testes de armas e reatores de fissão

Iodo 129 anosProduzido com testes de armas e reatores de fissão

Césio 137 137 Cs30.17 anosProduzido com testes de armas e reatores de fissão

Estrôncio 90 90 Sr28.78 anosProduzido com testes de armas e reatores de fissão

Plutônio 239

Pu2.41 x 104 anosProduzido pelo bombardeamento do 238

U com nêutrons

MÉTODO DO RADIOCARBONO Desenvolvido em 1947 por WillardLibby(EUA)

A proporção destes isótopos na atmosfera e seres vivos éde:

13 C -1.1%

14 C -0.00000000010%.

Para cada átomo de 14 C em um ser vivo, existe 1,0,0,0,0 de átomos de 12 C.

O 14 C éproduzido constantemente na atmosfera através do bombardeio de 14 N por raios cósmicos

(nêutrons). 14 C érapidamente oxidado formando

CO2 -que se mistura com o CO2 inativo. Como o

CO 2 éconsumido pelas plantas, toda as plantas são radioativas. Como os animais dependem das plantas para sobrevivência, todos os seres vivos são radioativos.

Após a absorção, o 14C decai e reverte-se em 14 N.

No entanto, 14 C éprontamente consumido e restabelecido nosseresvivos, de forma que se encontra em equilíbrio com aquele da atmosfera. Após a morte do organismo, o decaimento éconstante, e o relógio radioativo passa a funcionar.

MEIA VIDA 14 C = 5730 anos

(1)A produção de radiocarbonopor raios cósmicos tem permanecido essencialmente a mesma para estabelecer um equilíbrio de 14 C/12 C na atmosfera

(2)Érápida a mistura do 14 C em todo o sistema (aquático e terrestre)

(3)A razão isotópica na amostra sóéalterada pelo decaimento radioativo

Nydal and Lov eseth 199 3

(Parte 1 de 3)

Comentários