Aula 1 estrutura atomica e evolução modelos atomicos

Aula 1 estrutura atomica e evolução modelos atomicos

(Parte 3 de 5)

PESADAS PESADAS , chamadas

, chamadas αα

, emitidas

, emitidas por um elemento radioativo por um elemento radioativo chamado polônio. chamado polônio.

Resultados previstos segundo o modelo de Thomson:

Resultados obtidos:

As partículas α deveriam atravessar as folhas de ouro sem sofrer desvios.

A maior parte das partículas αcomportava-se como esperado, mas um significativo número delas sofria desvios acentuados e poucas partículas não atravessavam a folha de ouro.

Experiência de Rutherford

Resultados da experiência de Rutherford Partículas α

Existe, no interior do átomo, uma região central positiva–onúcleo, que exerce fortes forças repulsivas sobre as partículas alfa.

Modelo proposto por Rutherford (1911):

•O átomo éuma estrutura praticamente vazia, e não uma esfera maciça (DESCONTÍNUO);

•A maior parte da massa do átomo se concentra em uma pequena reagiãocentral denominada de Núcleo, dotado de carga positiva (desvio das partículas alfa), onde se concentra quase toda a massa do átomo (algumas partículas não atravessam o núcleo).

•Elétronscom carga negativamovendo-se em volta do núcleo.

O átomo seria um sistema semelhante ao sistema solar.

Modelo Planetário

(Sol representavao núcleo, e osplanetassimbolizavamoselétronsgirandoemtornodo núcleo) )

Percebeu-se que no núcleo poderia ter mais do que uma carga positiva (próton);

Comprometeria a estabilidade do núcleo (forças de repulsão muito fortes entre os prótons);

Rutherford admitiu que existia no núcleo partículas semelhantes aos prótons, porém sem cargas;

Chadwick(1932) descobriu os nêutrons;

Os nêutrons serviriam para diminuir a repulsão entre os prótons (maior estabilidade no núcleo)

A descoberta da terceira partícula subatômica: o nêutron

VelVelóódromo: dromo:

o ciclista pode ocupar qualquer parte da pista.

O modelo atômico O modelo atômico planetplanetáário: rio: elétrons giram ao redor do núcleo, podendo ocupar qualquer órbita existente.

Nú cleo cleo

Eletrosfera Eletrosfera

El Eléé trons (e) (

O raio do N O raio do NÚÚ CLEO CLEO é cerca de 10.0 vezes menos que o raio do cerca de 10.0 vezes menos que o raio do á tomo. tomo.

Caracter Caracteríí sticas f sticas fíí sicas das part sicas das partíí culas atômicas fundamentais: culas atômicas fundamentais:

01Nêutron

+ 11Próton

Carga relativaMassa relativa (u) u = unidade de massa atômica

Partícula

As diferen As diferençç as entre os as entre os á tomos acontecem em fun tomos acontecem em funçç ão das diferentes ão das diferentes quantidades de part quantidades de partíí culas formadoras. culas formadoras.

Em 1913, MOSELEY percebeu que o Em 1913, MOSELEY percebeu que o co mporta mento co mporta mento de cada de cada

ELEMENTO QU ELEMENTO QUÍÍ MICO MICO estava relacionado com a quantidade de estava relacionado com a quantidade de ca rgas ca rgas positivas positivas existentes no n existentes no núú cleo. cleo.

Assim, o n Assim, o núú mero de mero de pr próó tons tons , caracteriza cada elemento, sendo

, caracteriza cada elemento, sendo denominado de denominado de NÚ MERO ATÔMICO (Z). MERO ATÔMICO (Z).

Z = p Z = p

Como o Como o Á TOMO TOMO é um sistema ELETRICAMENTE NEUTRO, temos: um sistema ELETRICAMENTE NEUTRO, temos:

pr próó tons = el tons = eléé trons trons

Exe mplo: Exe mplo:

Á tomo de c tomo de cáá lcio cont lcio contéé m em seu n m em seu núú cleo 20 pr cleo 20 próó tons. Qual o seu n tons. Qual o seu núú mero mero atômico ? atômico ?

Qual o n Qual o núú mero de el mero de eléé trons? trons?

Como p = e Como p = e ⇒⇒ e = 20 el e = 20 eléé trons trons

Os Os á tomos podem tomos podem PERDER ou ganhar ou ganhar EL ELÉÉ TRONS TRONS , originando novos

, originando novos sistemas, carregados eletricamente: sistemas, carregados eletricamente: Í ONS

(Parte 3 de 5)

Comentários