Aula 1 estrutura atomica e evolução modelos atomicos

Aula 1 estrutura atomica e evolução modelos atomicos

(Parte 1 de 5)

Química(do egípiciokēme(chem), significando“terra”) éa ciência quetratadassubstânciasdanatureza, dos elementosquea constituem, de suascaracterísticas, propriedadescombinatórias, processosde obtenção, suasaplicaçõese suaidentificação. Estudaa maneiraqueoselementosse ligame reagementresi, bemcomo, a energia desprendida ou absorvida durante estastransfor mações.

Matéria(vemdo latimmateria, substânciafísica) équalquer coisaquepossuimassa, ocupaespaço(física) e estásujeita a inércia.

A matériaéaquiloqueexiste, aquiloqueforma as coisase quepodeser observadocomotal; ésempreconstituídade partícu las ele mentares co m massa não- nula (co mo os átomos, e emescalamenor, osprótons, nêutronse elétrons).

Há2.450 de anosatrás( 450 anosa. C. ), o Homemjáse preocupava com a constituiçãodamatéria.

Usava m apenas o pensa mento filosófico para funda mentar seus modelos e não utilizava m métodos experimentais paratentar explicálos.

Modelo Modelo atômico atômico que que"" est estáá e m e m vigor" vigor" é o o

Modelo Modelo da da

Mecânica Mecânica

Quântica Quântica ou ou da da

Mecânica Mecânica

Ondulat Ondulatóó ria ria

Modelo Modelo

Orbital) Orbital)

De De

De m De móó crito crito ( 450 a. C. ) a ( 450 a. C. ) a

Por volta do s Por volta do séé culo V (a.C), na Gr culo V (a.C), na Gréé cia, acreditava cia, acreditava-- se que toda mat se que toda matéé ria ria era formada por 4 elementos: era formada por 4 elementos:

Ar Água

Terra Fogo

Úmido e frio Quente e seco

Quente e úmido

Seco e frio

COMBINAÇÃO DOS 4 ELEMENTOS

Por volta de 400 a.C Leucipoe Demócrito

Áto mo Demócrito

Defenderam a idéia de que a matériaera descontínuae composta por pequeníssimas partículas indivisíveis.

Modelo baseado apenas na intuição e na lógica.

Modelo proposto por Demócrito:

Toda a matéria éconstituída por átomose vazio(não era compacta)

O átomo éuma partícula pequeníssima,invisível, e

que não pode ser dividida;

Os átomos encontram-se em constante movimento;

Universo constituído por um número infinito de átomos, indivisíveis e eternos;

Segundo Demócrito: "as únicascoisasqueexistemsão osátomose osespaçosentreeles.

Final do Século XVIII

Lavoisiere Proustiniciaramexperiênciasrelacionandoentresias massasdassubstânciasparticipantesdasreaçõesquímicas.

Surgira m então as leis ponderais dasreações químicas( leis formuladasporLavoisier, Proust, Dalton e Richter ).

1ª Lei: LEI DA CONSERVA LEI DA CONSERVAÇÇ

ÃO DA MASSA (Lavoisier) ÃO DA MASSA (Lavoisier)

Na natureza, nada se cria, nada se perde, Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma tudo se transforma” ”

Final do Século XVIII

1ª Lei: LEI DA CONSERVA LEI DA CONSERVAÇÇ

ÃO DA MASSA (Lavoisier) ÃO DA MASSA (Lavoisier)

Num sistema fechado, a massa total dos reagentes Num sistema fechado, a massa total dos reagentes é igual igual à massa massa total dos produtos total dos produtos” ”

A+ B
A+ B →→
X+ Y
X+ Y
Massa reagentes= Massa produtos

Massa reagentes = Massa produtos

Final do Século XVIII

2ª Lei: LEI DAS PROPOR LEI DAS PROPORÇÇ

ÕES CONSTANTES (Proust) ÕES CONSTANTES (Proust)

Toda substância apresenta uma propor Toda substância apresenta uma proporçç ão em massa constante em ão em massa constante em sua composi sua composiçç ão

Final do Século XVIII

2ª Lei: LEI DAS PROPOR LEI DAS PROPORÇÇ

ÕES CONSTANTES (Proust) ÕES CONSTANTES (Proust)

(Parte 1 de 5)

Comentários