dicionario de enfermagem

dicionario de enfermagem

(Parte 1 de 5)

A

ABAULAMENTOS – Ato ou efeito de abaular; curvatura, convexidade.

ABDUÇÃO – afastamento de um membro do eixo do corpo.

ABLEPSIA – cegueira.

ABSCESSO.....coleção de pus externa ou internamente.

ABSORÇÃO – penetração de liquido pela pele ou mucosa.

ABSTINÊNCIA – contenção, ato de evitar.

ACANTOSE – Espessamento da camada espinhosa da epiderme

ACERULOPLASMINEMIA – Enfermidade de transmissão genética autossômica recessiva caracterizada pela ausência de ceruloplasmina e pela progressiva degeneração neurológica dos gânglios basais associadas a mutações hereditárias específicas do gene da ceruloplasmina.

ACROMATOSE – Ocorrência de coloração anormal da pele, seja por defeito de pigmentação ou por palidez momentânea

ACUIDADE – Gravidade, seriedade.

AFASIA – impossibilidade de falar ou entender a palavra falada.

AFEBRIL – sem febre, apirético.

AFLUXO – vinda para determinado lugar.

AFONIA – perda mais ou menos acentuada da voz.

AGRAFIA – não consegue escrever.

ALGIA – dor em geral.

ALGIDEZ – resfriamento das extremidades

AMPÚLULA – Denominação de uma pequena dilatação em um vaso sanguíneo ou linfático

ANASARCA – edema generalizado

ANEMIA – é a diminuição dos números de hemácias.

ANISÓCOREA – desigualdade de diâmetro das pupilas.

APÁTICO – sem vontade ou interesse para efetuar esforço físico ou mental.

APELO – sem pele, não cicatrizado, aplicado a feridas. Desprovido de prepúcio, circuncidado.

APEPLEXIA – perda súbita dos sentidos, com elevação da temperatura, mas sem hemiplegia.

APNEIA – parada dos movimentos respiratórios

ARREFEXIA – Ausência de reflexos

ASCITE – edema localizado na cavidade peritonial com acúmulo de liquido.

ASFIXIA – sufocação, dificuldade da passagem do ar.

ASTASIA – incapacidade de permanecer em pé, por falta de coordenação motora.

ASTENIA – enfraquecimento fraqueza, cansaço.

ATAXIA – não coordena os músculos e a locomoção.

ATELECTASIA – Expansão pulmonar incompleta, abrangendo o órgão inteiro ou parte dele, provocada, freqüentemente, por obstrução brônquica, corpo estranho, tumor

ATETOSE – Distúrbio em que se observam movimentos involuntários lentos e de aspecto ondulante, incoordenados, e de grande amplitude, e que ocorrem, principalmente, em extremidades de membros e na face

ATRESIA – ausência ou fechamento de um orifício natural.

ATROFIA – diminuição do tamanho ou peso natural de um órgão ou tecido.

AURICULAR – referente à orelha.

AUSCULTA – Aplicar o ouvido ou o estetoscópio a (o tórax, o abdome, etc.) para conhecer ruídos que se produzem dentro do organismo.

B

BAGAÇOSE – Doença pulmonar profissional que ocorre geralmente com trabalhadores que manipulam resíduos secos de cana-de-açúcar

BALANITE – inflamação da glande ou da cabeça do pênis.

BALANOPOSTITE – inflamação da glande e do prepúcio.

BANDAGEM – enfaixe.

BARBEXACLONA – Antiepiléptico. Indicado para crises convulsivas generalizadas do tipo grande mal. Crises parciais com sintomatologia simples. Crises convulsivas febris. Medicação substituta do fenobarbital, na presença de efeitos colaterais, como sedação ou diminuição do rendimento intelectual que se queiram evitar.

BAROTITE – Presença de inflamação de ouvido médio, em decorrência de variações súbitas da pressão atmosférica.

BENIGNO – que não ameaça a saúde nem á vida. Não maligno, como certos tumores, inócuo.

BILIOSO – referente á bile, peculiar a transtornos causados por excesso de bile.

BINASAL – referente a ambos os campos visuais nasais.

BIÓPSIA – extirpação de um fragmento de tecido vivo com finalidade diagnóstico. A peça extirpada dessa maneira.

BLEFARITE – inflamação das pálpebras.

BLEFARITE – Inflamação das pálpebras.

BLENOFITALMIA – secreção mucosa nos olhos.

BLENORRÉIA – secreção abundante das mucosas, especialmente da vagina e uretra.

BLENÚRIA – presença de muco na urina.

BÓCIO – hiperplasia da glândula tireóide.

BOMBESINA – Substância neuropeptídea que é encontrado em intestino, tecido nervoso cerebral e em culturas celulares de câncer pulmonar.

Borra de café – aspecto do vômito ou da defecação que contém sangue

BOTULISMO – Uma doença causada por neurotoxinas protéicas potentes produzidas pelo Clostridium botulinum que interfere com a liberação pré-sináptica de acetilcolina na junção neuromuscular.

BRADIARRITMIA – Arritmia cardíaca que é caracterizada pelos batimentos cardíacos ocorrendo de forma lenta e irregular, como em fibrilação atrial de baixa freqüência

BRADIARTRIA – Fenômeno que se apresenta como emissão anormalmente lenta de palavras, em virtude de lesão central.

BRADICARDIA – diminuição da freqüência cardíaca a menos de 60 batimentos por minuto.

BRADICARDIA SINUSAL – Redução da freqüência cardíaca abaixo de 60 batimentos por minuto, em caso de ritmo sinusal normal

BRADICININA – Um mensageiro não peptídico que é produzido enzimaticamente a partir da kalidina no sangue, onde é um agente dilatador de arteríolas, potente, mas com meia-vida curta, e aumenta a permeabilidade capilar. A bradicinina também é liberada por mastócitos durante os ataques asmáticos, pela parede do intestino como vasodilatador gastrointestinal, por tecidos lesados como sinal de dor e pode ser neurotransmissor.

BRADIPNÉIA – diminuição dos movimentos respiratórios

BRADISFIGMIA – Pulso fino e bradicárdico

BRAQUIALGIA – dor no braço.

BULIMIA – fome exagerada e exagerada.

C

CACÍFO – Depressão anormal da pele, como a que, nos exames manuais, permanece após a cessação da pressão que o dedo do examinador exerce no local; causada por retração do tecido

CACOFONIA – Voz anormal e desagradável

(Parte 1 de 5)

Comentários