Farmacia- Mecanismo de ação de farmacos

Farmacia- Mecanismo de ação de farmacos

(Parte 1 de 3)

Profa. CarlotaRangel Yagui corangel @usp. br

• ação e mreceptores • ação e mtransportadores

•ação em enzimas

• ação na parede/me mbrana celular

•supressão da função gênica

Subfamílias de Receptores:

Receptores que abrem canais iônicos

Receptores que apresentam atividade enzimática

Receptores acoplados à proteína-G Receptores citoplas máticos

Vários receptores ativam a mesma cascata de eventos

Ligantes fisiológicos podem ligar-se a receptores nãorelacionados

Um receptor pode interagir com ligantes nãorelacionados (estrutura e função)

Receptores do tipo Canal Iônico

Proteínas formam canais íon-seletivosna membrana

Difundem o sinal alterando o potencial da membrana ou a composição iônica do citoplasma

Controlam eventos sinápticosrápidos através do aumento temporário da permeabilidade a certos íons.

Ex: receptores nicotínicos de Ach receptores de SNC( +asp, glu/ -gly, -GABA) receptor serotoninérgico 5HT3

Excitatórios(Na+ , K+

, Ca++ ), inibitórios(Cl-

Receptores do tipo Canal Iônico Receptores do tipo Canal Iônico

Receptores do tipo Canal Iônico

Receptor nicotínico da acetilcolina

Receptor Gabaérgicotipo A Localizado na sinapseinibitória na célula pira midal

Receptores do tipo Canal Iônico

Receptores acoplados a Proteína-G

Transduçãodo sinalvia ativaçãode proteínaintracelular ligada ao nucleotídeo guanina(proteína G)

Ativação de enzimas que produze m 2o mensageiro → →→

→cascata de reações

Ativação: aminasbiogênicas(acetilcolina, norepinefrina, serotonina; aaneurotransmissores(glutamato, glicina); hor mônios peptídicos(so matostatina, angiotensina I).

Produçãoassociadaàconversãode ATP/GTP a AMPc/GMPc (adenililciclase)

Produçãoa partirde fosfolipídiosde membrana(fosfolipasec)

Receptores acoplados a Proteína-G Receptores acoplados a Proteína-G

Receptores acoplados a Proteína-G Receptores acoplados a Proteína-G briostatina

Extraídade um musgo marinho

Atividade anti- câncer

Atuainibindo a proteína quinase C

Receptoresligados àqproteína G acarreta m ativação de proteínas quinases quefosforila m enzi mas

Fosforilaçãoocorreno grupofenólicode resíduosde tirosina

Mudança confor macionalda enzi ma exposição/fecha mento do sítio ativo

Receptores Catalíticos

Monômero com sítio de ligação externa e sítio interno com atividade enzimática (proteína quinase)

Ativados principalmente por hormônios peptídicos (insulina)

Tirosina quinase–autofosforilaresíduo de tirosina – fosforilaçãooutras proteínas -abertura de canais iônicos, expressão gênica

Receptores ligados a guanililciclase→ →→

→região interna cont região interna contregião interna cont região interna conté é ém m m m dom domdom domí í ínio tipo nio tipo nio tipo nio tipo ciclase ciclaseciclase ciclase(GTP (GTP (GTP (GTP → →→

→cGMP cGMPcGMP cGMP) e dom ) e dom) e dom

) e domí í ínio tipo nio tipo nio tipo nio tipo prote proteprote proteí í ína nana na- --

-quinase quinasequinase quinase

Receptores Catalíticos –tirosina quinase Receptores Catalíticos –tirosina quinase

Receptores acoplados a enzimas Ligados a proteínas enzimáticas

(Parte 1 de 3)

Comentários