Demonstrao do Fluxo de Caixa eplano de contas

Demonstrao do Fluxo de Caixa eplano de contas

Demonstração do Fluxo de Caixa

  • Integração

  • Balanço Patrimonial

    • É uma demonstração estática do Ativo, Passivo e do Patrimônio Líquido em determinada data.
    • É como se fosse tirada uma fotografia da situação patrimonial.
    • Não se observa por meio do balanço a evolução das contas, mas sim o saldo no início e o saldo final do período.
  • Demonstração do Resultado do Exercício

    • É uma demonstração dinâmica que informa os resultados das operações ocorridas ao longo de determinado período de tempo

Demonstração do Fluxo de Caixa

  • Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados

  • A DLPAc é o instrumento de integração entre a DRE e o BP.

    • Apenas uma parte do lucro é distribuída para os proprietários da empresa em forma de dividendos. A maior parcela, normalmente, é retida na empresa e reinvestida no negócio.
    • Essa transação é evidenciada no DLPAc, antes de ser indicada no BP.
      • Da DRE extrai-se o LL;
      • Transporta-se para a DLPAc para ser efetuada a distribuição;
      • O que fica retido é transportado para o BP, no grupo PL, havendo assim mais uma fonte de origem de recursos para ser aplicada no ativo.

Elaboração do Fluxo de Caixa

DFC - Modelo Indireto

DFC - Modelo Direto

DFC – Modelo Direto

Demonstração do Fluxo de Caixa

  • CAIXA

Demonstração do Fluxo de Caixa Forma

Plano de Contas

  • Cada empresa deve ter um Plano de Contas apropriado

  • Um Plano de Contas deve conter somente as contas que serão movimentadas (no presente ou no futuro)

  • Exemplos:

    • Estoques (empresa Industrial / Comercial) – Conta:
    • ICMS a Recolher
    • IPI (empresa Industrial) - Conta: IPI a Recolher
    • ISS (empresa de Serviços) - Conta : ISS a Recolher

Importância do Plano de Contas

  • Empresas:

    • Tamanhos diferentes
    • Ramos de atividade diferentes
    • Sistemas de pagamento / recebimentos específicos
    • Linguagens e Terminologias não necessariamente iguais
  • Empresas distintas  Planos de Contas distintos

    • Diversas pessoas trabalhando
    • Objetivo  uma mesma cartilha, um mesmo idioma
    • Padronização dos Registros Contábeis
    • Uniformidade  (Processamento: Manual, Mecânico ou Eletrônico
  • Característica geral:

    • Numerado  Codificado de forma racional (código falante)
  • O que deve conter: Elenco de Contas e grau de detalhes  volume e natureza do negócio

    • Deve atender o interesse dos usuários (acionistas, gerentes, ...)
  • Exemplo: Indústria metalúrgica  Estoques (Acabados, Elaboração, M.-Prima)Gastos com pessoal detalhados por depto.

    • Pequena Loja  Estoques (mercadorias)
    • Gastos com pessoal apresentados pelo total

Plano de Contas - Simplificado

  • 1º Passo:

  • 1. CONTAS CÓDIGO

    • Ativo 1
    • Passivo 2
    • Patrimônio Líquido 3
    • Receitas e Deduções 4
    • Contas Dedutivas 5

Plano de Contas - Simplificado

  • 3. CONTAS DOS GRUPOS

    • Ativo
    • 1.1 Ativo Circulante
    • 1.1.1 Ativo Circulante – Caixa
    • 1.1.2 Ativo Circulante – Bancos
    • 1.1.3 Ativo Circulante – Duplicatas a Receber
    • Passivo
    • 2.1 Passivo Circulante
    • 2.1.1 Fornecedores
    • 2.1.2 Impostos a Recolher
    • ...

Comentários