PDF - o que é, e como usar

PDF - o que é, e como usar

(Parte 1 de 3)

ConveniênciaGráfica ConveniênciaGráfica

Introdução3
Conceitos Básicos5
Impressão e PDF1
Fontes13
Imagens17
Cores19
Fechando Arquivos23
GerandoumPDFapartirdeumarquivoPostScript31
Dicas41

Índice Página3

ConveniênciaGráfica

PDF (Portable Document Format)

O PDF pode ser considerado o formato padrão de documentos digitais em empresaseaplicaçõesdetodoomundo,devido,principalmenteàsuacompatibilidade com os diversos sistemas operacionais do mercado. Por se tratar de formato leve e seguro,oPDFeliminaproblemascomoarquivosocupandoenormesespaçosnoHD; necessidade de softwares e sistemas proprietários para abertura; demoras para abrir uma ou duas páginas e ajustes constantes em arquivos destinados a impressão.

HojeemdiaoformatoPDFdeixoudeserumapromessaoutendência,passando aserquaseumaobrigatoriedadeparaaquelesquepretendemtrabalharcomimpressão digital com agilidade e confiabilidade.

Este manual visa não só ensiná-lo a passar seus trabalhos para o formato

PDF, como também indicar alguns macetes e dicas sobre incompatibilidade, fontes, imagens, formatos, drivers e outros elementos, para que seus trabalhos obtenham os resultados desejados.

Página5

ConveniênciaGráfica

Conceito“WYSWYG” (WhatY Sou eeisWhatYouGet),ouseja,“oquevocêvêé o que você tem”:

OformatoPDFexibenateladoseucomputadoraspáginasdoseudocumento, com uma grande aproximação do que você verá impresso, em todos os aspectos, como cor (esta dependerá da calibração existente em seu monitor), formato, fonte, imagem etc. O formato PDF representa exatamente o conceito WYSWYG.

Compatibilidade:

UmarquivonoformatoPDFétotalmentemultiplataforma(Mac,PC,Unix,Linux) podendo ser gerado por qualquer aplicativo com capacidade de impressão, criando um único arquivo compactado com fontes, vetores e imagens.Atualmente, o PDF é basedetodasastecnologiasutilizadasnapré-impressãodedocumentoseprocessos.

Internet:

Uma das características mais importantes do PDF é o fato de ser um arquivo relativamentepequenoeaomesmotempocompatívelcomainclusãodehyperlinks, ou seja, através de um clique no documento você pode abrir uma página na Web .

Softwares: Acrobat Reader (últ. versão 5.0), permite apenas visualização e impressão de documentos e você pode obtê-lo gratuitamente através do sitewww.adobe.com.br.

AcrobatDistiller(últ.versão5.0),geraarquivosPDFatravésdalinguagemPostScript.

AdobeAcrobat éopacotefabricadopelaAdobequevemcomos2softwaresacima. Para gerar arquivos PDF é necessário que você adquira este pacote.

Página7 CONCEITOS

ConveniênciaGráfica

Visualizar, navegar e imprimir Preencher formulários PDF Converter qualquer arquivo de qualquer aplicação Criar formulários PDF interativos Preencher e salvar formulários PDF Adicionar links e bookmarks Utilizar ferramentas de marcação (notas eletrônicas, marca-texto etc) Realizar pequenos retoques de texto Implementar senhas de proteção Implementar assinaturas digitais Converter páginas Web/Sites para PDF

Características:

OAdobeAcrobat não é um editor de texto. Ele converte arquivos criados em qualquer aplicativo possibilitando o seguinte: º torna o arquivo multiplataforma. º cria recursos de segurança, que permitem criação de uma senha para abertura do arquivo, assim como, barrar impressão, seleção de conteúdos e alterações. ºintegra-seperfeitamenteaoHTMLproporcionandoumanavegaçãorápida. º permite visualização rápida e ocupa pouco espaço, devido a sua compactação, sendo utilizado em redes corporativas. º permite manipular os arquivos criados e inserir comandos como vídeo, hyperlink e opçãodebuscaporpalavrachave.

Benefícios: º os arquivos PDF são menores que seus aplicativos de origem e fazem o downloaddeumapáginaporvez,aumentandoavelocidadedevisualizaçãonaWeb. º possibilita uma grande economia de tempo e dinheiro, pois ocupa menos espaço em disco, reduz tempo de processamento e impressão, proporciona economia de papel e insumos de impressão na medida que reduz o retrabalho por erro de configuração.

Como o PDF pode facilitar seu relacionamento de impressões com a InPrima:

O PDF elimina definitivamente problemas de configuração, retrabalho, troca de fontes edemoranaexecuçãodoseuserviçoemcopiadorasoubureaudeimpressão.

Página8

Reader Distiller AdobeAcrobat

Diferenças entre o Reader (gratuito), Distiller e o AdobeAcrobat:

ConveniênciaGráfica

Página9

PDF e Internet

Como já citado, o PDF trabalha em harmonia com o HTML, podendo ser consultado através de um browser, contando ainda, com todos os recursos de visualizaçãodoAcrobatReader®,taiscomozoom,movimentação,impressãoetc...

Um arquivo PDF pode ser disponibilizado On-line em qualquer site e pode ser acessado de qualquer browser, a qualquer momento, sem grandes dificuldades e semanecessidadedefazerdownloaddearquivosenormes.

Diferenças entre HTML e PDF

Características HTML PDF

Padronização e Desenvolvimento Consórcios públicos (muitas variantes) Padrão único Adobe Funções de Hipertexto Excelente Excelente Mecanismo de procura Excelente Excelente Criação de novos documentos Editores HTML Seu software favorito Conversão de documentos Trabalhosa e demorada Simples e rápida Qualidade de impressão Deficiente Alta (PostScript) Possibilidades de zoom na tela Não Sim

Quem determina a aparência do documento? Usuário Autor

Vantagens

AutilizaçãodedocumentosemformatoPDFpossibilitaumagrandeeconomia detempoedinheiro,principalmenteselevarmosemconsideraçãoovolumedepapel economizado, o tempo de procura das informações, o tempo de processamento, a impressão e o espaço em HD’s.

Atualmente, o PDF é base de todas as tecnologias utilizadas na pré-impressão de documentos e processos.

ConveniênciaGráfica

Página10

Armazenamento Eletrônico

Problemas que geralmente ocorriam com aplicativos de documentação eletrônica, hoje estão superados com o formato PDF.

ProblemasComuns SoluçõesPDF

Os destinatários não podem abrir arquivos Qualquer pessoa em qualquer lugar pode porque não têm os aplicativos usados para criar abrir um arquivo PDF. Tudo que você precisa os documentos é o Acrobat Reader gratuito.

A formatação, fontes e elementos gráficos foram Os arquivos PDF são sempre exibidos perdidos devido a incompatibilidade de exatamente como são criados (desde que plataforma, software e versão. gerados da maneira correta), não importanto as fontes, o software e os sistemas operacionais.

Os documentos não são impressos de forma Os arquivos PDF são sempre impressos correta devido a limitações do software ou da corretamente em qualquer dispositivo de impresora. impressão.

O PDF também oferece os seguintes benefícios:

Os arquivos PDF podem ser publicados e distribuídos em qualquer lugar: impressos, anexados em um correio eletrônico, servidores de corporações, sitesdawebouemumCD-Rom

É muito fácil fazer o download doAcrobat Reader® gratuito a partir do site da Web e ele pode ser distribuído livremente por qualquer pessoa. Mais de 40 milhões de pessoas já possuem o Acrobat Reader ®.

Com o SoftwareAdobeAcrobat ®, indicadores, documentos de referência cruzada, links da Web, formulários dinâmicos, opções de segurança, som e vídeos podem ser adicionados a arquivos PDF para uma visulaização on-line aprimorada.

Sevocêdependededocumentaçãoeletrônica,impressãodigital,rápidoacesso, confiabilidadeecompartilhamentodedocumento,omelhoréusaroformatoPDFem seus trabalhos.

ConveniênciaGráfica

Impressão e PDF

Como já vimos, o formato PDF encontra-se totalmente difundido no mundo, principalmente na Internet. Uma de suas principais aplicações, entretanto, é na área de pré-impressão e impressão digital. Ele facilita o processo, desde a estruturação do arquivo até a finalização do trabalho, resultando em maior qualidade e menor tempo de espera do cliente.

UmavantagemdoPDF,emtrabalhosdestinadosàimpressão,éadiminuição no tempo de processamento de arquivo fechado, que muitas vezes, devido ao seu tamanho e maneira como foi gerado, ficava literalmente “engasgado” no RIPdurante horasdeprocessamento.ConvertendoestearquivoemPDF,épossívelobterótimos resultados.

Porém o maior problema destas empresas hoje, é que os trabalhos não são enviados em formato PDF. Muitos clientes ainda enviam seus trabalhos em arquivos de formato aberto, muitas vezes incompletos, mal estruturados e geralmente construídos de forma errônea. São comuns problemas com fontes, ou porque não foram enviadas, ou porque seus arquivos estão com problemas. isto resulta na troca das fontes e conseqüentemente em textos corridos e desestruturação total do documento.

Outro problema comum, são trabalhos construídos a partir de softwares não preparados para a editoração profissional, como os do pacote Microsoft Office, que nãoforamdesenvolvidosparaatenderasnecessidadesdapré-impressãodigital.Um bom exemplo são as separações de cores, que se tornam imprecisas e indesejadas se feitas com estes softwares, quase sempre incompatíveis com o padrão PostScript.

Página11

ConveniênciaGráfica

Página12

Abaixo uma lista com erros mais comuns encontrados em arquivos recebidos para impressão:

Nomedecoresincorreto CoresCMYKconfiguradascomoSPOT

Sangria insuficiente ou completamente ausente

Formato diferente do descrito no Job

Ausência de marcas de registro

Fontesnãoenviadasounãoadicionadas

Fontes iguais, com nomes ou sistemas (Type1/True type) diferentes

Imagens com resolução inferior a 300dpi (no caso de ser para fotolito)

Aconversão dos arquivos em PDF é muito eficaz, pois o sistema usado pelo

AdobeAcrobat ®, é totalmente construído e baseado na linguagem PostScript. Ele consegue digerir toda a complexidade do código PostScript e gera um arquivo totalmente livre de incompatibilidades e seguro para impressão.

Autilização do PDF traz enormes benefícios para o cliente, que, além de ter o seu trabalho facilitado, obterá um resultado muito mais rápido no seu fornecedor de serviços de impressão.

É importante ressaltar, entretanto, que um PDF só oferece qualidade de impressão se ele for bem elaborado, desde a escolha do software mais adequado, até o fechamento do arquivo, sempre levando em consideração padrões de fontes, cor e drivers corretos de impressão.

Nas próximas páginas, iremos abordar alguns fatores que são fundamentais para a obtenção de um bom resultado em trabalhos impressos.

ConveniênciaGráfica

Fontes

Fonte é um conjunto de caracteres que significam, individualmente, uma letra, número ou símbolo. Um arquivo de fontes contém a descrição das características físicas das letras, ou seja, como elas serão visualizadas e impressas.Além da divisão das fontes por nomes, elas também estão ramificadas em “Famílias” (bold, itálico etc.).

ARIAL 20 Fonte:Arial.

Família: Arial. Tamanho: 20 pontos.

ARIAL 20 Fonte:ArialBlack.

Família: Arial. Tamanho: 20 pontos.

Hoje, exitem no mercado dois tipos de fontes mais usadas:

1) Type 1 2) TrueType

Página13

ConveniênciaGráfica

Página14

TambémconhecidacomoAdobe,foramdesenvolvidaspelaAdobeSystems®, para serem totalmente compatíveis com o código PostScript. São divididas em duas categorias:

ScreenFonts

Estas fontes são exibidas no monitor durante a execução do trabalho, ou seja, sãofontesBitmap.ElasdevemserinstaladasenãocopiadasnoSistemaOperacional, casocontrárionãopoderãoserutilizadaspornenhumaplicativoemandamento.Fontes deste tipo têm a resolução fixa e, caso seja necessário aumentar o seu tamanho, a resoluçãoaumentará,resultandoemumaaparênciadeformada.Porexemplo:

Estas fontes utilizam a extensão .pfb Printer Fonts

Etas são fontes impressas, que aparecem exatamente iguais em todos os dipositivosdesaída.Sãofontesvetoriaisepodemserimpressasemqualquertamanho, semaperdadaresolução,queévariávelentre300e3.600dpi.Aresoluçãoécalculada deacordocomasconfiguraçõesdoequipamentodesaída,sendoquecadaletratem seu próprio código de cálculo de resolução.

Estas fontes utilizam a extensão .pfm

ConveniênciaGráfica

2) True Type

EstepadrãodefontesfoidesenvolvidopelaMicrosoftemconjuntocomaApple, na tentativa de concorrer com as fontes daAdobe. Elas não são compatíveis com o código PostScripteporissoé necessárioa conversão destasfontesemfontesType1. Isto torna a impressão demasiadamente lenta e quase sempre com erros durante a impressão. Devido à sua incompatibilidade com impressoras PostScript, este tipo de fonte não é muito utilizado em impressão.

FontesTrueType são identificadas pela extensão .ttf Nota: Sempre que possível evite a utilização de fontes True Type. FontesPersonalizadas

Existem muitos programas no mercado que possibilitam que você crie a sua própria fonte ou conjunto de símbolos. Caso elas sejam utilizadas, é fundamental que sejam fornecidas junto com o trabalho destinado à impressão.Ainda assim, devem serfeitostestescomrelaçãoàimpressãoeplataformaondeseráexecutadootrabalho. Somente assim será possível verificar a viabilidade de uso destas fontes.

Página15

ConveniênciaGráfica

Imagens

Basicamente, assim como as fontes, existem dois tipos de imagem:

Vetorial: Sãoimagensquepodemserredimensionadassemlimitaçõesde resolução,poisoredimensionamentoéfeitoatravésdecálculosgeométricos. SãoproduzidasporprogramascomoIllustrator,FreeHandeCorelDraw.Em geral, a qualidade de impressão depende da capacidade do equipamento de saída (impressora).

Bitmap: São imagens formadas por pixels ou pontos e são bem mais pesadas que as imagens em vetor. Além de não terem flexibilidade no redimensionamento,perdemresoluçãofacilmente.Nestecaso,aqualidade deimpressãodependedaqualidadedeimagem.

No caso de haver os dois tipos de imagens em um mesmo trabalho, deve se levar em consideração as limitações da imagem em Bitmap, caso seja necessário o redimensionamentodasimagens.

Página17

ConveniênciaGráfica

Cores

Existem basicamente três modelos de sistemas de cores adotados nos programas de editoração:

Este modelo de cores baseia-se nas propriedades fundamentais da luz, ou seja, as cores podem ser criadas a partir do Vermelho, do Verde e do Azul (Red, Green eBlue).É o modelo utilizado nos monitores dos computadores. Na verdade,o quevemosnatelasãomilharesdefósforosque,quandoatingidosporelétrons,exibem suacor(Vermelho,Verde,Azul).Comoostrêspontostocadospelosfeixesdeelétrons estãomuitopróximos,oolhohumanosópercebeumúnicopontocoloridonomonitor. Os tons de cores são determinados de acordo com a variação de cada feixe.

Éomodeloadotadoemváriosdispositivosdeimpressão.Umaimpressora,por exemplo, que produz figuras coloridas através do depósito de pigmentos coloridos no papel. Uma página impressa é diferente de um monitor que, por ser uma fonte de luz, pode criar cores. Uma impressão não emite luz, ela absorve e reflete a luz e portanto, deve usar um modelo que use tintas que possam absorver comprimentos de ondas de luz específicos e reflitam outros.

Página19

ConveniênciaGráfica

Página20

OmodeloCMYK,porbasear-senasubtraçãodeluz,éabasedoprocessode impressão em quatro cores. É usado principalmente para imagensde tonscontínuos (como as fotografias digitalizadas) em uma impressão.As cores primárias utilizadas nomodeloCMYKsãooCyan,oMagenta,oAmareloeoPreto.Sãocoresprimárias subtrativas, pois seu efeito é subtrair, isto é, absorver alguma cor da luz branca.

Cyan:absorveacomponentevermelhadaluzbrancarefletida;aluzbranca é a soma das cores azul, verde e vermelho; assim, em termos de cores subtrativas, cyan é a soma de verde e azul.

Magenta:retiraacomponenteverdedaluzbrancasendoassim,éasoma de vermelho e azul.

Amarelo: subtrai a componente azul da luz branca refletida; é a soma do verdeevermelho.

(Parte 1 de 3)

Comentários