(Parte 3 de 5)

Sabemos que 40 mils = 1 m então 40 x 50=2.0 mils. Os exercícios acima são importantes para entendermos a medida de componentes e trilhas, para mudarmos e criarmos componentes. Atenção: Medidas de componentes no programa podem aparecer em polegadas, pôr exemplo 0.12 inc (inches, polegadas), neste caso multiplique pôr 1000 que terá a medida em mils ou em thou. A abreviatura de thou (thousandths, milésimos de polegadas) é th. Isto é, você verá as medidas em mils, com th como unidade.

Quando fazemos uma Placa de circuito impresso no fotolite, este gera simultaneamente, vários traçados necessários para toda etapa de fabricação da PCI, estes traçados são gerados nos LAYERS (CAMADA DE TRABALHO), não confundir com camadas da placa de circuito impresso.

TOP E BOTOM((SSUUPPERRIIOORR E IINNFFERRIIOORR))..

OS LAYERS DO PROGRAMA FOTOLITO SÃO:: Lado dos componentes e lado da solda, como costumamos chamar quando fazemos uma placa de face simples

INER1 ao INER144 - estes layers são camadas internas das placas chamadas de multi- layers.

TOPSILK e BOTOM SILK (máscara de componentes superior e máscara de componentes inferior)

Nestes layers (camadas de trabalho) o fotolite desenha o silk screen do lado superior (TOP) e silkscreen do lado inferior. (BOTTOM). O silkscreen se refere a identificação e encapsulamento do componente, destinado a montagem em série.

TOPMASK e BOTOMASK

(MÁSCARA DE SOLDA SUPERIOR E MÁSCARA DE SOLDA INFERIOR). Nestes layers o fotolite gera um traçado para aplicação de solda industrial para o processo de fabricação dos aparelhos. Essa arte chama-se máscara de solda recobrindo com verniz a parte que não deve receber solda e deixando o cobre exposto a parte que deverá receber solda.

TOP RESIST E BOTOM RESIST são TOP (superior) BOTTON (inferior) Nestes layers são gerados diagramas que monitoram o processo de fabricação de placas com SMT

(surfice mount tecnology = tecnologia de montagem de superfície)

EDGE Neste layer é definido pelo fotolite os limites da placa para roteamento automático.

Neste layer é gerado traços de ligações quando vamos rotear a placa manualmente usando um NET LIST.

KEPOUT ((MANTENHA--SE FORA)) No caso roteamento automático, neste layer o usuário define onde o roteador não deve passar trilhas.

Informações tais como o nome do projeto, nome do projetista, data da última revisão, etc

Este layer é utilizado somente para documentar o projeto.

GRID- pode ser definido como o movimento do cursor na tela.Estes valores são estabelecidos pelo comando :

São armazenados os valores nas teclas F2 a F4 isto é podemos mudar de Grid apenas apertando uma tecla.

Vamos fazer uma placa de circuito impresso com apenas 2 componentes para você exercitar e informarse dos passos necessários para tirar todos os recursos que o fotolite pode oferecer.

Podemos escolher que layers aparecerão na tela. Clique com o lado esquerdo do mouse no Menu Display e em seguida clique em Layers. Um quadro com as camadas aparecerá na tela. Deixe ativado, isto é com um tique na frente somente TOP COPPER, TOP SILK, EDGE (PARA VERMOS A BORDA DA PLACA).

O fotolite tem uma camada especial chamada de Edge. Esta camada é utilizada para registrar as dimensões da placa. Temos que acionar a camada (LAYER EDGE) para fazermos o contorno da placa.

Selecione o ícone GRAPHICS MODE (segundo ícone da segunda fileira) e em seguida o ícone BOX (segundo ícone da primeira fileira) Na parte inferior esquerda da tela tem o selecionador de camadas (LAYERS) escolha EDGE. Vamos desenhar uma placa de 5x5 cm, o que equivale a 50 m X 50 m. Desenhemos uma linha que limita as bordas da placa. O display de coordernadas esta localizado no canto inferior direito coloque o cursor sobre a origem que você terá coordenadas (o, 0). Clique com o lado esquerdo do mouse e o mantenha pressionado leve o mouse até as coordenadas (050,0) mantendo o mouse pressionado deslize para a direita até as coordenadas (050,050) que um quadrado se formará este é o contorno de nossa placa. Como o quadrado abaixo:

Você acabou de desenhar um quadrado de 5 x 5 cm. O comando ZOOM teclas de F5 até F12 servem para distanciarmos ou aproximarmos a imagem sendo que a tecla F 12 faz a placa ocupar a tela inteira. Você já pode notar que nossa placa ocupa a tela toda e que ela está cheia de pontos eqüidistantes esses pontos se chamam Grid visual, eles nos facilitam o traçado e o alinhamento do nosso desenho, tela de 1 em 1 m. Esse espaçamento é muito grande para desenharmos dentro da placa, teremos que mudá-lo.

Graphic Mode

COLOCANDO COMPONENTES,, PARA ROTEAMENTO MANUAL

Antes de começar a colocar os componentes, devemos mudar o LAYER de trabalho para TOP. Clique no selecionador de camada no canto inferior esquerdo e escolha TOP COPPER. Novamente o quadro de mudança de layer de trabalho está na tela, usando as Setas selecione TOP. Tecle ENTER. O fotolite tem vários componentes arquivados em Bibliotecas (LIBRARIES), com o comando para colocar componentes, acessaremos tais componentes e os colocaremos na placa.

Clique no Ícone PLACEMENT E ROUTING MODE (o segundo ícone da primeira fileira) Em seguida PACKAGE PLACEMENT AND EDITING (colocação, envólucro e edição) como mostra o desenho acima. Clique sobre a letra P (PLACEMENT) colocação Aparecerá uma relação de componentes escolha Dil8 e clique duas vezes, pois vamos colocar um circuito integrado de 8 pinos ,cujo código dentro da lista de componente é DIL8.

FAZENDO A ANNOOTTAÇÇÃÃOO

Leve o mouse no centro da placa e clique que aparecerá um invólucro de 8 pinos sobre a placa. Clique no Ícone Edit object a segunda seta à direita, em seguida leve o mouse sobre o componente e clique um quadro de edição aparecerá, no campo Part Id digite CI-1. O componente ficará como o da figura

Colocação de componentes Seleção de componentes

O componente ficará como o da figura ao lado
GIRANDO UM COMPONENTE

Se você necessitar girar este componente, selecione o componente com o lado direito do mouse, você notará que ao selecionar o componente este ficará em destaque, Escolha o menu Edit, em seguida pressione a tecla girar a cada toque o componente girará 45 graus.

Para apagar um componente basta selecionar com o lado direito do mouse, o componente ficará em destaque, com um segundo clique do lado direito o componente se apaga. O COMANDO UNDO este comando é o grande destaque de qualquer software de alto nível, teclando a letra U desfazemos o último comando, por exemplo, se você apagar um componente da placa pôr engano, destruindo a parte toda de um trabalho, tecle U que o componente retorna a tela juntamente com as ligações que foram apagadas, este comando é muito útil procure exercitá-lo.

Usando as ferramentas de colocação e anotação de componente coloque R1

COLOCANDO O RREESSIISSTTORR Na biblioteca seu código é res40. Usando as setas leve o resistor até as coordenadas (0407,280) ENTER ESC

Sua placa ficará assim MOVIMENTANDO UM COMPONENTE

Os últimos 3 ícones da fig. acima à direita são respectivamente ferramenta para movimentar componente, ferramenta para copiar componente e ferramenta para apagar componente.

Selecione o componente com o lado direito do mouse, em seguida clique na ferramenta para movimentar componente, um quadrado aparecerá ao redor do componente selecionado, com o mouse movimente-o para onde quiser.

COPIANDO UM COMPONENTE

Selecione o componente com o lado direito do mouse, em seguida escolha o ícone copiar componente um quadrado aparecerá em volta do componente leve-o para onde quer a cópia do componente.

COLOCANDO TRILHAS

Vamos colocar uma trilha de 1 m = 40 mils ou thou ou th milésimos do pino 6 do CI-1 e o terminal quadrado do resistor R1. Clique no ícone TRACE PLACEMENT

Aparecerá do lado direito as larguras de trilhas disponíveis em mils (milésimos de polegada) ,escolha T40 que quer dizer 1 m. Agora é só começar a traçar, leve o mouse nos respectivos pontos e trace. Nossa placa terá este aspecto:

Com o lado direito do mouse selecione o segmento ou a trilha que você deseja apagar, um segundo clique apaga esta trilha .

MUDANDO A LLARRGGUURRA DE UUMMA TTRRIILLHHA

Selecione com o lado direito do mouse, a trilha que deseja mudar de largura, uma vez selecionada a trilha torna-se vazia, com o mouse clique a nova medida da largura no quadro à direita da tela.

COPIANDO UM BLOCO

SELECIONANDO OS EELLEEMMEENNTTOS DE UM BLOCO Depois de selecionado um bloco pode ser copiado usando a ferramenta copiar a primeira acima.

MUDANDO UM BLOCO

Depois de selecionado um bloco pode ser mudado de lugar com a segunda ferramenta.

APAGANDO UM BLOCO

Um bloco pode ser apagado com a terceira ferramenta acima

TERMINAIS,, ilhas ((PADS ))

O ícone acima é a ferramenta de colocação de ilhas, as ilhas são de muitíssima importância pois as ilhas são parte de um componente ou são isoladas fazendo um terminal, temos ilhas para furação ou ilhas para montagem de superfície (SMT). Temos já feitas algumas ilhas retangulares, redondas, quadradas e terminais para interface de computador, mas podemos criar a qualquer momento uma ilha do tamanho que desejarmos . Você verá que criar uma nova ilha é uma tarefa muito simples, mas requer conhecimentos de medidas Imperial.

CRIANDO UMA ILHA((terminal)

Vamos criar uma ilha quadrada de 3mm Clique sobre a ferramenta ilha, a barra de ferramenta entrará no modo colocação de ilha. Clique o lado esquerdo do mouse sobre o menu EDIT em seguida NEW PAD STYLE.

Ao abrir o quadro CREATE NEW PAD STYLE digite s3. 0m (s para square quadrado) Em seguida No quadro square coloque 120 thou ou 0.12 in e clique ok..

ESCOLHENDO O TTAAMMAANNHHO DE UMA ILHA Clique a ferramenta de colocação de ilha, vamos colocar uma ilha de 3 m que criamos.

Escolha uma ilha quadrada segunda ferramenta, uma relação de ilhas aparecerá, clique sobre a ilha de 3 m e coloque-a na placa..

CRIAÇÃO DE COMPONENTES

A criação de componentes no FOTOLITE é incrivelmente simples. Vamos criar um resistor para ser colocado em pé na placa, com a distância de um terminal a outro de 5 m, os terminais serão quadrados e medirão 2 m cada lado, seria algo como abaixo.

Primeiro vamos limpar a tela. Escolheremos sistema métrico de grade para medirmos a distância das ilhas. Escolha no menu Display a opção metric. E depois escolheremos a grade de 1 m que está armazenada em F3 aproxime com o zoom máximo, isto é F5.

Colocação de ilhas

Ilhas do componente Ilhas com silk do componente

(Parte 3 de 5)

Comentários