Auto Cad 2002 - Desenho Técnico

Auto Cad 2002 - Desenho Técnico

(Parte 7 de 9)

São processos para selecionar uma ou um grupo de entidades para aplicar-lhe um comando sobre estas entidades.

Single Seleciona uma entidade de cada vez com o pick box..

Crossing Seleciona as entidades que o retângulo tracejado (crossing) de seleção estiver contendo ou passando sobre elas.

Window Seleciona as entidades que estiverem totalmente dentro do retângulo contínuo (window) de seleção.

Auto Abre-se o retângulo de seleção automático, para esquerda o retângulo é de crossing e para direita é de window.

Box Seleciona os objetos através de um retangulo, por dois pointos. CP Crossing-Poligon. Seleciona-se por crossing através de um polígono. WP Window-Poligon. Seleciona-se por window através de um polígono. Last Seleciona a última entidade desenhada na tela. Fence Seleciona as entidades por uma linha de crossing (cerca). All Seleciona todas as entidades da tela que não estão em um layer travado. Group Seleciona todas as entidades de um determinado grupo. Remove Remove do grupo de seleção as entidades selecionadas. Add Sai da opção remove e volta adicionar entidades ao grupo de seleção. Undo-U Retira do grupo de seleção a última entidade selecionada.

Previous Pega o grupo anterior de entidades selecionadas. Normalmente um grupo criado pelo comando select.

Filters Comando de seleção mais complexo que o comando Qselect, permitindo a escolha da entidade ou características da entidade a ser selecionada. Digite na linha de comando: Filter.

Unicentro Izabela Hendrix da Igreja Metodista Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

20 ponto de inserção

17. Processos de edição por grips:

No processo de edição normal do AutoCAD, escolhe-se um comando de edição (ex.: move = verbo, ação) e aplica-se sobre uma entidade (ex.: linha = nome) -Comando usa: verbo-nome (açãoentidade)

Quando seleciona um objeto sem nenhum comando na linha de comandos, acendem-se os grips de cor azul nas entidades selecionadas. -Grips usa: Nome-verbo (entidade-ação)

Estando os grips de cor azul, qualquer comando de edição pode ser aplicado sobre as entidades selecionadas, sem ter que seleciona-las novamente.

Quando um desses grips é selecionado, ele fica de cor vermelha. Estando os grips vermelhos, cinco comandos estão disponíveis, sendo: stretch, move, scale, rotate e mirror. Também se pode utilizar a opção reference dentro de cada comando, modificando o ponto de atuação (base point) do comando sobre os objetos. O modo como os grips trabalham pode ser alterado pelo quadro de diálogo Grips através do menu Tools ® Optionsfi Selection.

A manipulação de blocos é uma das ferramentas mais poderosa do AutoCAD, permitindo a construção de bibliotecas de desenhos padrões para posterior utilização. Os blocos nada mais são que simples desenhos feitos normalmente no editor do AutoCAD. Eles devem ser salvos no disco rígido (HD) para posterior utilização. Um ponto importante a se observar na construção dos blocos é em relação ao seu ponto de inserção. Também se deve considerar o layer das entidades. Se for um bloco de símbolo que possa ser utilizado em qualquer camada (layer), deve-se faze-lo no layer 0, e quando inserido no desenho, este assumirá o layer corrente na inserção.

Bmake Este comando cria uma entidade “bloco” com as entidades selecionadas. Este bloco criado existe somente no desenho em edição Ex.: Para fazer o bloco de uma porta de 80 cm, desenhe uma polilinha fechada e um arco. Entre com o comando Bmake e aparecerá o quadro de diálogo ao lado. De um nome ao bloco, por exemplo P-80, selecione o ponto de base, como indicado no desenho ao lado, este será o ponto de inserção do bloco, quando você utiliza-lo. Selecione os objetos que compõe o bloco, e click no OK. O seu bloco está pronto, mas lembre-se que ele existe somente neste seu desenho que esta sendo editado.

Unicentro Izabela Hendrix da Igreja Metodista Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Wblock Entre com este comando no prompt para criar um bloco e grava-lo no H.D como um desenho DWG. O bloco criado com o comando bmake ou block também pode ser gravado com o comando wblock. O quadro de diálogo do Wblock e semelhante ao do Mblock, só que permite gravar o seu bloco no disco rígido (HD). Note que se você fez um bloco com o comando Mblock, selecione em Source a opção Block e escolha o bloco existente que você deseja gravar em disco.

Insert block (ddinsert) Este comando insere no desenho os blocos existentes no desenho ou no disco rígido. Permite ainda a mudança de escalas no x, y, z e rotação. Selecione todas as três opções Specify on screen, senão o programa vai inserir o bloco no ponto, escala e rotação especificado dentro do quadro de diálogo. Também pode explodir um bloco, desagrupando suas entidades, durante ou depois de sua inserção no desenho.

É importante saber como utilizar a rotação e valores de inserção negativos. Veja o exemplo com uma porta de 80 cm:

x=1 y=1 x=1 y=-1 x=-1 y=1 x=-1 y=-1

Redefinição de blocos: É possível redefinir um bloco no desenho, refazendo o bloco com o comando Bmake, ou inserindo um novo bloco com o comando insert block e respondondo sim para o prompt de redefinição.

Base Define ou altera o ponto de inserção de um bloco.

Group Localizado no menu Tools® Object Group, este comando é muito semelhante ao comando Block, o comando Group cria uma seleção de objetos, permitindo manipula-los muito facilmente. Veja o quadro de diálogo ao lado.

São blocos especiais, constituídos de um ou mais textos e desenhos. Estes textos podem ser preenchidos durante a inserção do bloco. Os atributos também permitem a extração de informações do AutoCAD para um programa de banco de dados, já sendo este tópico parte de um curso mais avançado.

No quadro de diálogo, define o modo de apresentação do atributo, o rótulo (tag), a pergunta (prompt) que o bloco lhe fará quando inserido e o valor de preenchimento (value) do campo quando inserido. O Ponto de inserção é o lugar onde o texto será localizado dentro do bloco. As opções de texto referem-se à altura de letras, fontes e justificativa. Lembre-se que quando faz um bloco de simbologia, a altura do texto deverá estar na escala de 1/1, ou seja, um texto na régua 80, terá 0,2 cm.

O comando está localizado no menu : DrawfiBlockfiDefine.Attributes.

Unicentro Izabela Hendrix da Igreja Metodista Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Ex.: Construção de um bloco de nível:

TAG: NIVEL PROMPT:Nivel do Comodo:

DEFAULT: 0,00m TAG: COMODO PROMPT:Nome do Comodo:

Exercício para treinar: Fazer o bloco com atributo chamado “PL.DWG”:

4 2PLANTA ESCALA diâmetro=1.2 cm D01

Solução: Desenha-se normalmente a parte gráfica do bloco na unidade real de medida do desenho (se você desenha em centímetros o bloco terá 1,2 unidades de diâmetro, correspondente a 1,2 cm). Depois se escrevem os atributos. Quando for executar o Wblock, selecione todos os objetos e por fim os textos de atributos na seqüência em que serão utilizados quando inseridos.

Quadro com dicas para a execução deste bloco (guie pelos números do desenho):

1 2 3 4 TAG TITULO ESCALA DET PRANCHA

PROMPT Titulo do desenho: Escala do Desenho: N° do detalhe: N° da prancha: DEFAULT planta tipo escala 1/50 - - LAYER 0 0 0 0

COR 12 12 bylayer bylayer

REGUA CL175-0,4cm CL175-0,4cm CL80-0,2cm CL80-0,2cm JUSTIFICAR left left midpoint midpoint

20. Controle de escala dos blocos:

Os blocos de vasos sanitários, pias, automóveis, etc., se forem criados em metros ou em centímetros, devem obedecer aos seguintes valores de correção quando forem inseridos no desenho:

BLOCO (A) m m 1 m cm .01 cm cm 1 cm m 100

Unicentro Izabela Hendrix da Igreja Metodista Curso de Arquitetura e Urbanismo - Disciplina de Informática Aplicada à Arquitetura

Os blocos especiais de anotação, símbolos, níveis, etc., se forem criados em metros ou em centímetros, devem obedecer aos seguintes valores de correção quando forem inseridos no desenho (exemplos para escalas de 1/100 e 1/50):

Onde: C=A*B Ou seja: A Nova escala do bloco (C) = Escala do bloco (A) x Escala do desenho (B)

21. Dimensionamento:

Novos comandos de dimensionamento foram acrescentados ao R2000, sendo:

DimLinear Executa um dimensionamento linear, podendo ser horizontal, vertical ou alinhado a dois pontos.

DimRotated Permite fazer um dimensionamento rotacionado. Primeiro indica o ângulo de inclinação da cota, e depois faz o dimensionamento.

(Parte 7 de 9)

Comentários