(Parte 1 de 2)

Relatório de PMR-2202

Introdução à Manufatura Mecânica

Projeto 3 – Fabricação de uma Tabuleta de Mesa por Corte, Dobra e Usinagem.

Grupo: TELFI

Novembro de 2005

Turma: 08-D

Nomes: Nº USP:

Carolina Conrad Muscat (Turma 5) 3752321

Diego Agra Mendes 5173819

Tiago Martins de Alexandre 3732131

Índice

1. Introdução 3

2. Objetivos 4

3. Metodologia 5

4. Resultados 9

5. Comentários e Conclusões 10

6. Bibliografia 11

Apostilas 11

Sites 11

1. Introdução

No Projeto 3, foi proposta a fabricação uma Tabuleta de Mesa através do planejamento e realização de processos de fabricação como o corte, a dobra e a usinagem em máquina de comando numérico.

Em um pedaço da chapa utilizada dos projetos 1 e 2, fez-se uma Tabuleta de Mesa com o nome de guerra do grupo de trabalho (TELFI) usinado na área assinalada na mesma.

Com a imposição de algumas regras, como a obrigatoriedade de utilizar a interpolação linear e a circular para execução das letras, o grupo teve que usar a criatividade e calcular a melhor maneira para a utilização do espaço indicado.

Neste projeto, o grupo teve que esboçar o desenho final da peça a ser obtida para que fosse possível a definição da seqüência das operações a serem realizadas, e as máquinas que serão utilizadas no processo a fim de se chegar às configurações da peça final.

Para usinagem do nome de guerra do grupo de trabalho, foi utilizado um programa de comando numérico, que teve que ser feito e simulado antes de ser usado na máquina de comando numérico.

2. Objetivos

O Objetivo deste projeto é fabricar uma Tabuleta de Mesa com o nome de guerra do grupo de trabalho que no caso é “TELFi”. Para isso, foi feito um programa de comando numérico utilizando interpolação linear e circular como estabelecido no projeto. A interpolação circular foi utilizada nas estremidades das letras causando uma impressão de sofisticação no projeto. E a interpolação linear foi usada no corpo principal das letras.

No programa, utilizamos funções espefícicas (G00) para minimizar o tempo de usinagem para diminuir ao máximo o custo obtido com a utilização da máquina de comando numérico. Mas, para isso, foi necessário calcular a velocidade de corte mais coerente para o material com que se está trabalhando, no caso o latão, pois não se pode usar uma velocidade muita alta porque isso levará à formação de muita rebarba e também acarretará uma certa perda de precisão na usinagem das letras.

Portanto, para se atingir o objetivo do grupo, foram levados em conta o custo do projeto e também as condições para se conseguir a melhor peça final.

3. Metodologia

A fabricação da tabuleta de mesa envolveu, basicamente, três etapas:

  1. Identificação dos objetivos e das restrições;

  2. Desenho gráfico e computacional do projeto;

  3. Preparação da placa e usinagem.

Primeiramente, avaliamos o que deveria ser feito através da leitura das instruções referentes ao projeto no site. Após tomar nota dos procedimentos, restrições (Ex: Tamanho máximo das letras, área de usinagem, etc...) e recomendações (Ex: Manter um espaçamento uniforme), iniciamos a etapa 2. Fizemos um esboço à mão de algumas das melhores idéias que vieram do “brainstorm” pensando tanto na qualidade do desenho quanto na dificuldade de transformá-lo em linguagem de programação.

A figura a seguir, mostra alguns desses esboços.

Ilustração 1

O desenho escolhido foi o número 3. O que levou à esta decisão foi o fato de que este desenho atendia a necessidade de se fazer interpolação circular, o objetivo interno do grupo de apresentar um design visivelmente agradável e era razoavelmente fácil de se programar.

Após a escolha do desenho transformamos o em linguagem de programação usando os computadores do ITBA.

O código gerado no programa segue a seguir:

**** Início ****

% Para facilitar o entendimento do relatório, colocamos, aqui, comentários identificando as etapas:

%_N_TELFI_MPF

;$PATH=/_N_MPF_DIR

;$PATH=/_N_MPF_DIR

;$PATH=/_N_MPF_DIR

G90

G01X17Y68Z100

G91

m03S1280F500

% Rotação para o Latão: 1280 RPM. Velocidade de Avanço: 240 mm/min. Esta 500 mm/min pois o Cícero (Técnico especializado) pôde reduzir este manualmente durante o processo. E usá-lo assim durante o teste para otimizar o tempo de uso da máquina.

M51 % Jato de refrigeração à ar.

% OBS: As letras estão em itálico e possui um arredondamento característico para ficarem mais bonitas e garantir o uso da interpolação circular.

% Letra T

G01Z-100.3

G01X13Y40

G01Z2.2

G01X-13Y3

G01Z-2.2

G03X3Y-3I3J0

G01X20Y0

G02X3Y-3I0J-3

% Há este espaçamento toda vez que usou-se a função G00, pois ela é muito perigosa e requer atenção.

G01Z2.2

G00X13Y6

% Letra E

G01Z-2.2

G03X3Y-3I3J0

G01X20Y0

G02X3Y-3I0J-3

G01Z2.2

G01X-23Y3

G01Z-2.2

G01X-15Y-40

G01X26Y0

G01Z2.2

G01X-18.5Y20

G01Z-2.2

(Parte 1 de 2)

Comentários