Respostas da prova do Brasil

Respostas da prova do Brasil

1- Ter uma noção aproximada de quantas pessoas têm cabelos crespos no Brasil e em que Regiões/Estados/Cidades elas estão em maior quantidade. Deve-se saber, ainda, se elas se sentem incomodadas por terem cabelos crespos a ponto de comprarem um shampoo que o relaxe (ou seja, para saber se já existe o interesse pelo produto, ou se este interesse deverá ser "criado" caso a empresa queira ter lucros com o novo shampoo).

Levantar dados sobre: o poder de compra dessas pessoas, a que sexo pertencem, faixa etária, hábitos de consumo (onde fazem as compras, o que compram, com que frequência) e quais meios de comunicação elas mais utilizam.

2- a) Diversificar a produção de tapetes - pode-se, por exemplo, fazer modelos mais simples (menores, com matéria-prima de qualidade inferior, sendo, portanto, mais baratos) e outros modelos mais requintados (maiores, mais bem feitos e mais caros). Os primeiros poderiam ser vendidos em lojas de departamentos, supermercados, sites de comércio via internet, canais de televisão como o Shoptime etc, enquanto que os modelos mais luxuosos seriam vendidos apenas em casas do ramo.

b) Definir focos diferentes para os SPAs, através da oferta de serviços diferentes. Alguns serviriam apenas para o cliente relaxar, enquanto que outros, para ele emagrecer e ficar em forma (a maioria dos SPAs acabam servindo pra isso). Neste segundo grupo, pode-se fazer SPAs que utilizem "métodos naturais" para o regime (como forma de apelo para a "geração saúde": alimentação balanceada, prática de atividades físicas etc) e pode-se fazer outros SPAs que utilizem cirurgias plásticas, lipoaspirações e outras técnicas mais modernas de tratamento - técnicas essas que dependem de tecnologia e, consequentemente, tendem a custar mais caras aos consumidores, dividindo-os entre os que podem e não podem comprar. Pode-se ainda criar "Pacotes Rejuvenescedores", para atrair a terceira idade.

c) Transmitir esportes variados e definir horários fixos para a programação. Para descobrir os horários ideais, deve-se fazer uma pesquisa de mercado e descobrir relações entre os perfis dos consumidores e os diferentes esportes transmitidos (descobrir quem gosta do quê) para que os horários de cada programa coincidam da melhor maneira possível com as horas de tempo livre dos potenciais espectadores de cada programa.

3) A demanda dos automóveis importados é unitária (pois a elasticidade de preço é praticamente igual a 1), enquanto que a demanda de automóveis nacionais é elástica. Caso diminuam o preço do carro importado, a demanda continuará igual à de antes e o consumidor pagará um preço menor, sendo que os custos de produção da empresa que o fabrica continuam os mesmos - ou seja, a receita bruta obtida com a venda dos carros importados diminuirá. Já para o carro nacional, por ter uma demanda elástica, se o fabricante diminuir seu preço, a procura por seu produto aumentará, e ele passará a vender mais. Se sua receita vai aumentar ou diminuir, irá depender do novo preço de venda do carro e dos novos custos de fabricação.

4) Por destacar o ser humano como ente submisso entre a dor e o prazer, a Teoria da Utilidade contribui para a compreensão das escolhas do consumidor, na medida em que chancela o conceito da escolha contínua a qual a humanidade está exposta, em que o contexto de escassez de recursos, obriga o indivíduo a satisfazer uma necessidade em detrimento de uma outra.

Desta forma, essa teoria direciona o planejamento das ações humanas visando a obtenção do máximo de prazer com o mínimo de dor possível, nitidamente, priorizando a maior felicidade do consumidor, proporcionada por cada uma de suas escolhas.

Comentários