Cirrose hepática complicaçõ

Cirrose hepática complicaçõ

Complicações da CH

Hipertensão Portal

Hipertensão Portal

Classificação da hipertensão portal

Hipertensão Portal

Hipertensão Portal

Fatores de risco p/ sangramento por varizes de esôfago

  • Tamanho da variz

  • Presença de sinais vermelhos

  • Gravidade doença hepática (Child C)

Classificação de Child-Pugh

Tratamento do sangramento varicoso ativo

  • Reposição volêmica

  • Tratamento farmacológico

  • - Redução do fluxo venoso portal e do fluxo pelas colaterais

  • - Somatostatina: 250 g EV bolus; 250 g/hora

  • - Octreotide: 50 g EV bolus; 50 g/hora

  • - Terlipressina: 2 g EV/ 4 horas

Sangramento varicoso ativo

  • Tratamento endoscópico

Sangramento varicoso ativo

  • Tamponamento por balão

  • TIPS: Shunt porto-sistêmico intra-hepático transjugular

  • Tratamento cirúrgico

Prevenção do re-sangramento (profilaxia secundária)

  • Escleroterapia ou ligadura elástica

  • Beta-bloqueadores: Propranolol / Nadolol

        •  bloqueador adrenérgico não-seletivo
        •  déb. cardíaco e vasoconstricção esplâncnica
        • Nadolol  1/2 vida / não metabolizado pelo fígado

Prevenção do re-sangramento (profilaxia secundária)

  • TIPS

  • Shunts cirúrgicos

  • Transplante de fígado

Indicação: paciente com CH e varizes de esôfago de médio ou grosso calibre

  • Indicação: paciente com CH e varizes de esôfago de médio ou grosso calibre

  • Droga de escolha: beta-bloqueadores não seletivos: propranolol / nadolol

  • Nitratos (mononitrato de isosorbida): pacientes com intolerância ou contra-indicação a beta-bloqueadores

Hipertensão Portal

Ascite

Ascite

  • Causas de ascite:

    • Cirrose hepática
    • Carcinomatose peritoneal
    • Insuficiência cardíaca
    • Tuberculose peritoneal
    • Outras: síndrome nefrótica, pancreatite

Fisiopatologia da ascite

Diagnóstico da ascite

Indicações:

  • Indicações:

    • Deve ser realizada em todo paciente internado com ascite, no momento da admissão hospitalar
    • Deteriorização quadro clínico
    • Febre
    • Ascite de início recente

Contra-indicações:

  • Contra-indicações:

  • - não há

  • Técnica de punção:

  • - Local

  • - Tipo de agulha

  • - Técnica em Z

Complicações:

  • Complicações:

  • - Hematoma parede abdominal

  • - Saída contínua de LA pelo orifício drenagem

  • - Perfuração / infecção

Obrigatórios:

  • Obrigatórios:

  • - Contagem de células

  • - Albumina

  • - Proteínas totais

  • - Cultura

Cirrose hepática:

  • Cirrose hepática:

    • Leucócitos  500 células/mm3 (PMN  250)
    • GASA 1.1g/dl
    • Proteína total  2,5 g/dl
    • Amarelo citrino

Insuficiência cardíaca congestiva:

  • Insuficiência cardíaca congestiva:

    • Leucócitos  500 células/mm3 (PMN  250)
    • GASA 1.1g/dl
    • Proteína total  2,5 g/dl
    • Amarelo citrino

Carcinomatose peritoneal:

  • Carcinomatose peritoneal:

    • Leucócitos  500 células/mm3 (PMN  50%)
    • GASA  1.1g/dl
    • Proteína total  2,5 g/dl
    • Amarelo citrino / hemorrágico
    • Pesquisa cél neoplásicas positiva

Dieta com restrição de Na+ (2g/dia)

  • Dieta com restrição de Na+ (2g/dia)

  • Restrição hídrica se Na < 120 mEq/l

  • Diuréticos: espironolactona/ furosemida

Diuréticos:

  • Diuréticos:

  • Espironolactona: 100 a 400 mg/dia

  • Furosemida: 40 a 160 mg/dia

  • Perda de peso de 500 g /dia em pacientes sem edema periférico ou 1 kg dia em pacientes com edema

  • Monitorizar função renal

Diuréticos:

  • Diuréticos:

  • Complicações: 20 a 40%

  • - Insuficiência renal

  • - Encefalopatia hepática

  • - Distúrbios hidroeletrolíticos e ácido-básicos

  • - Ginecomastia

  • - Caimbras

Ascite refratária:

  • Ascite refratária:

  • Ascite que não responde a restrição de sódio e ao tratamento diurético

  • - ascite resistente aos diuréticos

  • - ascite intratável pelos diuréticos

Paracentese terapêutica:

  • Paracentese terapêutica:

    • ascite tensa
    • ascite refratária ao tratamento diurético
    • reposição com albumina (8 g / litro de LA retirado)

Shunts cirúrgicos

  • Shunts cirúrgicos

  • TIPS

  • Transplante de fígado

Conceito:

  • Conceito:

  • Infecção do líquido ascítico que ocorre em cirróticos descompensados na ausência de fonte intra-abdominal de infecção

Prevalência em cirróticos internados: 10 a 30%

  • Prevalência em cirróticos internados: 10 a 30%

  • Mortalidade de 20 a 30%

  • Patogênese

  • - translocação de bactérias entéricas

  • - baixa capacidade de opsonização do LA (concentração de proteína baixa)

Diagnóstico:

  • Diagnóstico:

  • - PMN LA  250/mm3

  • - Cultura LA positivo

  • - Ausência fonte intra abdominal de infecção

Cultura do LA:

  • Cultura do LA:

  • - 80% positividade

  • - frascos hemocultura / beira leito

  • - baixa população bacteriana

  • - monomicrobiana

Variantes da PBE:

  • Variantes da PBE:

  • 1) Ascite neutrocítica:

  • - PMN  250/mm3

  • - cultura negativa

  • - ausência de ABT recente

  • 2) Bacterioascite:

  • - PMN  250/mm3

  • - cultura positiva

Comentários